Ubuntu Notícias

Administradora Lucélia Muniz

Nova Olinda-CE

Meu chão cearense

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

TEREMOS O NOVO ENSINO MÉDIO EM 2018?

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 23 de fevereiro de 2018
Via SOS Professor
A resposta é não. Não teremos a implantação do “Novo Ensino Médio” agora em 2018. Isso porque, apesar de sancionada em fevereiro de 2017, a implantação do “Novo Ensino Médio”, depende, principalmente, da conclusão e homologação da Base Nacional Comum Curricular para essa etapa.

Segundo previsão do Conselheiro do CNE, a reforma do Ensino Médio deverá chegar às escolas somente em 2021.

Nesse momento, você pode se perguntar:  Mas o BNCC não foi homologado no finalzinho de 2017?

Realmente, o Ministro da Educação, homologou a Base Nacional Comum Curricular. Publicada em 20.12.2017 no Diário Oficial, a BNCC passou a valer em todo o país. Mas a BNCC homologada refere-se apenas à Educação Infantil e Ensino Fundamental. O Ensino Médio ficou de fora.

Todavia, apesar de ainda parecer distante, o fato é que o “Novo Ensino Médio” chegará e a pergunta que fica é: como podemos nos preparar para essa mudança?

A resposta a essa questão não poderia ser outra senão planejamento.
Não há dúvidas que a reforma do Ensino Médio demandará grande capacidade de planejamento das escolas, uma vez que as atingirá como um todo.

CARGA HORÁRIA
A título de exemplo, podemos citar o aumento da carga horária que, por si só, impactará em vários pontos a estrutura ensino-aprendizagem. O mínimo de 800 (oitocentas) horas, distribuídas por um mínimo de 200 dias de efetivo trabalho escolar “deverá ser ampliada de forma progressiva para 1.400 horas, devendo os sistemas de ensino oferecer, no prazo máximo de 5 anos, pelo menos 1000 horas anuais de carga horária, a partir de 2 de março de 2017” (LDB, art. 24 I e Parágrafo 1º.)

Em outras palavras, até o final de 2022, as escolas de Ensino Médio deverão aumentar a carga horária do curso em 200 horas, o que representa 1 hora a mais por dia!

GRADE CURRICULAR
Com a flexibilização da grade curricular, permitirá que o estudante escolha uma área de conhecimento para aprofundar seus estudos. De acordo com o MEC, a nova estrutura, conta com uma parte comum e obrigatória e todas as escolas, como prevê a BNCC e outras com os itinerários formativos.

No centro das mudanças propostas pelo novo ensino médio, está o currículo mais flexível. Serão permitidos diferentes arranjos curriculares, considerando as únicas disciplinas obrigatórias durante todo o Ensino Médio: matemática, língua portuguesa e língua inglesa, e as cinco áreas do conhecimento: linguagens e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, ciências humanas e sociais aplicadas e formação técnica e profissional.

Assim, enquanto a parte obrigatória do currículo deve ser assegurada em todos os sistemas estaduais de ensino, a parte relativa aos itinerários formativos pode ser oferecida conforme critérios próprios e condições específicas de cada sistema, o que permite que apenas uma das cinco áreas seja ofertada.

REFORMA E GESTÃO ESCOLAR
Considerando as mudanças propostas pela reforma do Ensino Médio, que ainda sofrerá o longo processo de implementação, adequação do material pedagógico, formação de professores/as e, dessa forma, levará cerca de 4 anos até chegar nas salas de aula, surge o questionamento: quais são os principais aspectos que devem impactar a gestão escolar, sobretudo com a inserção da reforma?

Por exemplo, se a escola pretende ofertar itinerários formativos na área de biológicas, deverá traçar um plano de como preparar sua estrutura física e humana para permitir este sucesso. Se pretende ofertar itinerários formativos na área das exatas, deverá encontrar também estruturas de laboratórios, equipamentos e humanas que pavimentem esta estrada.

MUDANÇAS NA PRÁTICA
A reforma do Ensino Médio tem muito o que avançar e preencher algumas lacunas, tanto nos aspectos fundamentais quanto operacionais, pois ainda não há um plano de implantação, e a reforma corre o risco de ficar no papel.

Além disso a educação brasileira infelizmente, fica muito dependente das administrações da vez. Com as eleições de 2018, este cenário fica ainda mais nebuloso.

De todo modo, há formas de colocar em prática: com atribuições de responsabilidades, definição de metas, processos, cronogramas e recursos. Se isso for feito, temos mais chances de começar as mudanças.

Roseli Brito
Pedagoga - Psicopedagoga - Neuroeducadora e Coach
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

Quais as diferenças entre um grande professor ou professora de uma professora ou professor comum?

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 23 de fevereiro de 2018
Via SOS Professor
Por que alguns se fazem profissionais requisitados, trabalham em escolas que pagam salários dignos, enquanto outros, muitas vezes com igual titulação acadêmica, não carregam similar prestígio, necessitam ministrar números desumanos de aulas semanais para garantirem o singelo pão de cada dia?

Existe, é claro, uma pitada de sorte na vida profissional de cada um. Nem sempre a qualidade da formação, o esforço do estudo contínuo, a busca por aperfeiçoamento perene tanto no plano da disciplina que leciona, como nos fundamentos de se fazer profissional magnífico, estabelecem uma hierarquia infalível.

Em minha longa vida de educador, cruzei com professoras e professores ilimitadamente maravilhosos e distante da boa sorte e outros, ao contrário, com limitações pesadas, mas ainda assim trabalhando em boas escolas, acolhendo imerecidamente o respeito que a imensa dignidade dessa profissão requer.

Mas, se esse imponderável fator, de uma certa forma, contribui nessa distinção, penso que outra razão, agora bem mais forte e determinante, podem diferenciar professoras e professores imprescindíveis de outros esmagados pela rotina de serem singelamente classificados como “professáuros”.

Creio, assim, que essas razões se manifestam de forma unânime quando, nos degraus da carreira docente, o professor ou professora vai ao acumular experiência, se transformando pouco a pouco de professor “executor”, para professor “consultor” e, mais além, de consultor para “mentor”, para finalmente chegar a condição de professor “líder”, ou como alguns se auto intitulam “professor Coach”.

Interessante observar que o esforço e a dedicação, muito mais que experiência, constituem as ferramentas essenciais desse evolução, plausíveis para quem a procura, distante para os que esperam pela loteria da vida. Vamos, assim, a essa distinção:

Professor Executor:
Ministra uma boa aula, isto é, leva efetivamente seus alunos a adquirir informações e a transformá-las em conhecimento. Sabe com segurança administrar a disciplina em sala de aula e ensina que o que a determina é o cumprimento de regras, não diferentes das que a vida social sempre nos impõe. Conhece com razoável profundidade os conteúdos curriculares que ministra e sabe avaliar o desempenho de seus alunos com justiça e coerência, visando menos “o saber pelo saber”, mas a aprendizagem como processo de efetiva transformação não apenas atitudinal, como também comportamental.

Professor Consultor: 
Supera-o, ou ele mesmo se supera, quando passa da condição de “Executor” para a de Consultor. Nessa circunstância evoluiu para transformar estratégia única de ensino em modalidades diferentes de aulas, sabe associar o que ensina com conteúdo que seus alunos aprendem em outras disciplinas, trabalha bem as habilidades operatórias de seus alunos e os avalia não apenas pelo que apreenderam, mas por um “ótimo” pessoal (o melhor possível em cada um), a que individualmente poderiam alcançar.

Professor Mentor:
Em estágio mais elevado, e bem mais incomum, destaca-se o professor que soube evoluir e se fazer Mentor e por assim, agrega as virtudes inerentes ao Consultor por efetivamente trabalhar em equipe, e, assim, não se isola do grupo a que pertence e, sobretudo, não permite que seus alunos pensem os conteúdos de uma área sem as relacionar com os que aprendem com as demais áreas.

Professor Líder:
Mas o estágio final desses patamares se alcança quando o professor se efetiva como um verdadeiro Líder e transcende os conteúdos específicos das aprendizagens conquistadas pelos alunos tornando-os líderes, aprendendo a usar o saber para tomar decisões e, finalmente, para sentir-se em autêntico “corpo” com seus colegas. Descobrem, então, que não existem altos desempenhos isolados, estratégias de ensino estáticas, conteúdos conceituais que se afastam da vida que se vive e que cada uma dessas estratégias se espelha em nossas ações.

Percebem e sentem que uma escola que se faz verdadeira, não apenas quando ensina, mas ajuda seus alunos a apreender, a se relacionarem afetiva e tecnicamente com o grupo e, assim, transformarem todo o saber conquistado em um efeito “fazer”.

Percebem que quando seus alunos deixam a escola, conquistaram a certeza de que não apenas possuem muito mais, mas que efetivamente “são” mais, são melhores.

Artigo do Prof. Celso Antunes
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Sobre Empatia! Para refletir!

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 22 de fevereiro de 2018
"Quando as pessoas superarem o preconceito, praticarem a empatia e o respeito ao próximo independentemente de qualquer fator... Talvez o mundo seja um lugar melhor, as pessoas mais evoluídas e as relações sociais um pouco mais humanas."
Lute como uma Mulher!
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

Alunos da escola profissional de Nova Olinda concedem entrevista para a Verdes Mares Cariri

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 22 de fevereiro de 2018
Nesta quinta-feira (22), na escola profissional Wellington Belém de Figueiredo a TV Verdes Mares Cariri fez uma transmissão ao vivo. Vários alunos foram entrevistados por serem protagonistas em vários projetos! Na matéria exibida hoje no Jornal da TV Verdes Mares Cariri, os alunos apresentaram projetos como o Programa Círculos de Leitura, Banquete Literário, Banco Monetário, Drywall novolindense – o uso dos resíduos da pedra Cariri como inovação na construção civil e de acessibilidade pelo curso de Redes de Computadores.

Para conferir o vídeo com a entrevista concedida pelos alunos clique AQUI.
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Professor cratense, Eudivan Alves, surpreende com a arte dos desenhos realistas feito a lápis

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 18 de fevereiro de 2018
“Um dos estilos de desenho mais admirados e surpreendentes de todos existentes atualmente, o desenho realista tem atraído muita atenção, especialmente por conta dos resultados incríveis que apresenta.”
José Eudivan Alves da Silva reside no município de Crato-CE, é Professor, tem Licenciatura em Geografia e técnico em eventos. Atua no campo das Artes desde 2005 em especial no Teatro e na dança. Recentemente comecei a ver suas postagens através das redes sociais com desenhos realistas feito a lápis e isso foi motivo de uma curiosidade que culminou com esta matéria.
Quando era adolescente, Eudivan, sempre se identificou com a arte e já desenhava, mas seu foco era imagens de paisagens. Desde 2016 ganhou o gosto por desenhar pessoas e começou pegando fotos de artistas para seus primeiros desenhos. Ele disse que foi buscar na internet fotografias de artistas e daí começou seus primeiros desenhos.
Quando questionado sobre o uso da técnica, o mesmo falou que nunca fez nenhum curso preparatório para tal. “Eu acho que qualquer tipo de expressão que você for fazer no caso do artístico e até mesmo um profissional, ampliando assim o leque de visões... tem que ter muito empenho, o aperfeiçoamento, você estar estudando, o cuidado de amar o que você está fazendo...”, afirmou.
No desenho realista os atributos essenciais são a compreensão, que é a forma de ver o desenho seguida da prática. “Eu peguei uma fotografia minha pelo celular mesmo e resolvi fazer os traços numa folha e quando conclui vi que ficou muito parecido com a foto”, destacou Eudivan. E ainda acrescentou: “Foi como uma descoberta do desenho realista e depois comecei a desenhar algumas amigas e amigos, familiares e comecei a perceber que eu tinha a facilidade de desenhar os traços das pessoas através das fotografias”, concluiu.
Quero fechar esta matéria parabenizando o artista Eudivan Alves e também deixo aqui uma mensagem: “Desenhar é da vida ao imaginário, é transmitir emoção e sentir o poder do criador em sua criação."
Os desenhos de Eudivan estão ganhando tantos admiradores que o mesmo já está recebendo algumas encomendas e por isso já vou deixar o contato dele aqui na matéria - (88) 9 9354 5803 (WhatsApp).
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

Mensagem de pesar aos familiares de Seu Antonio Camilo

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 18 de fevereiro de 2018
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim ainda que morto viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá. (João 11:25-26)
É com grande pesar que hoje endereço estas palavras aos familiares de Seu Antonio Camilo e, nesta hora de grande dor lhes ofereço a minha solidariedade. Os meus sentimentos mais sinceros para todos vocês.

Que nesse momento tão difícil, de perda e tristeza, possam encontrar algum conforto uns nos outros. Muita força, fé e esperança, e que a alma dele descanse em paz.

COMUNICADO 
A Secretária de Educação comunica a toda comunidade escolar que amanhã não haverá aula no turno da manhã em virtude do falecimento do Sr. Antonio Camilo (motorista do transporte escolar).
Att. 
Ana Célia Matos da Silva Peixoto 
Secretária Municipal de Educação de Nova Olinda-CE
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Por que os homicídios não param de crescer no Ceará?

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 17 de fevereiro de 2018
Via Carta Capital por Beatriz Drague Ramos
Violência no estado cresce há pelo menos dois anos e tem raízes na ineficiência de políticas públicas e na articulação nacional do crime
Se mantiver o ritmo de homicídios de 2017, quando houve um aumento de mais de 50% nos assassinatos, o estado do Ceará pode ser responsável por mais de 7 mil casos desse crime em 2018. No ano passado, foram registrados 5.134 mortes violentas, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do estado.

A situação tem se agravado. Somente em janeiro deste ano, os crimes violentos letais e intencionais cresceram 34,38% na comparação com o mesmo mês do ano passado. 

As chacinas recentes em Fortaleza revelam disputas entre facções criminosas, que chegaram a protagonizar uma perseguição seguida de morte em uma rodovia estadual no fim de janeiro. O cenário de violência faz parte da realidade da população já há algum tempo, e a escalada de crimes contra a vida relaciona-se com questões antigas, explica Leonardo Sá, professor de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (UFC) e pesquisador do Laboratório dos Estudos da Violência (LEV).

Fortaleza é a grande responsável pelos altos números de violência no estado. Em 2015, a capital cearense já era a campeã em homicídios e mortes violentas, segundo o Atlas da Violência. Dois anos depois, ocorrências letais intencionais chegaram a 1.978, alta de 96,5% em relação a 2016.

O fim do complexo penitenciário do Carandiru, e o consequente surgimento do Primeiro Comando da Capital (PCC), ainda no início dos anos 1990, é um desses fatores que está na origem do avanço da violência no Ceará. Após a consolidação em São Paulo, o PCC iniciou sua expansão no País. “A partir de 2010, os altos índices de violência do Sudeste migraram para o Nordeste. Alguns nordestinos envolvidos com o PCC, que estavam no Sul e Sudeste, retornaram aos estados de origem a fim de consolidar a facção na região”, conta Sá.

O Atlas da Violência mostra que, entre 2000 e 2015, a taxa de homicídios no Nordeste mais do que dobrou. No mesmo período, houve queda da violência letal na Região Sudeste. (...)
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Tuiuti – 2º lugar com gosto de Campeã!

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 14 de fevereiro de 2018
A apuração das notas do CARNAVAL 2018 DO RIO aconteceu na tarde desta quarta-feira (14), na Marquês de Sapucaí. A Beija-Flor foi a Campeã e por apenas um décimo a Tuiuti levou o 2º lugar. Ambas levaram para a Sapucaí um enredo denunciando a situação atual do país com foco na problemática social.

O quesito samba-enredo foi o primeiro usado para estabelecer o desempate entre agremiações que obtiverem a mesma pontuação. As agremiações foram avaliadas em nove quesitos - bateria, samba-enredo, harmonia, evolução, enredo, alegorias e adereços, fantasias, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira - por seis julgadores cada, sendo que quatro deles são titulares e dois, reservas.

A Hashtag #TuiutiCampeã ganhou as redes sociais desde o desfile ousado feito pela escola! Quem aqui vai esquecer do Presidente Vampirão ou da denúncia à Reforma Trabalhista? Ousadia que conquistou o coração do povão! A Escola de Nilópolis, Campeã, também desfilou falando dos problemas sociais.

 

Durante a apuração das notas foi possível ouvir por várias vezes o grito de FORA TEMER – um carnaval marcado por manifestações contra a situação ora posta!

 

“Nos dois dias de desfiles, algumas escolas chamaram a atenção por tratar de temas políticos: a Paraíso do Tuiuti mergulhou na questão política e ironizou manifestantes que pediram o impeachment de Dilma Rousseff, além de trazer um presidente-vampiro, uma referência a Michel Temer, em um dos carros alegóricos; A Beija-Flor abordou questões sociais e levou para a avenida Pabllo Vitar e Jojo Todynho; já a Mangueira não poupou críticas ao prefeito do Rio, Marcelo Crivella, colando uma foto do político a uma réplica de Judas.”


Resultado final
Beija-Flor (Campeã): 269,6
Paraíso do Tuiuti: 269,5
Salgueiro: 269,5
Portela: 269,4
Mangueira: 269,3
Mocidade: 269,3
Unidos da Tijuca: 269,1
Imperatriz: 268,8
Vila Isabel: 268,1
União da Ilha: 267,3
São Clemente: 266,9
Grande Rio (rebaixada): 266,8
Império Serrano (rebaixada): 265,6 
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Conheça a Academia de Letras do Brasil/Araripe-CE (ALB/Araripe-CE)

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 13 de fevereiro de 2018
A Academia de Letras do Brasil/Araripe-CE é uma entidade regional que congrega personalidades culturais do Cariri Oeste. Tem sede na cidade de Araripe-CE. O objetivo da academia é zelar pelo patrimônio histórico e literário do Cariri Oeste. A Seccional regional Araripe congrega dez municípios: Santana do Cariri, Nova Olinda, Altaneira, Potengi, Araripe, Campos Sales, Salitre, Tarrafas, Assaré e Antonina do Norte.
Municípios representados por 39 Acadêmicos. Confira os 29 Acadêmicos que tomaram posse no dia 28 de outubro de 2017:
CADEIRA 01 – JOSÉ EVANTUIL DE SOUSA (Historiador);
CADEIRA 02 – FRANCISCO ADRIANO DE SOUSA (Escritor);
CADEIRA 03 – FRANCISCA IONETE PEREIRA (Poeta);
CADEIRA 04 – FRANCISCO TORRES PIMENTEL (Professor e Historiador);
CADEIRA 05 – TEREZA MARA DE OLIVEIRA (Escritora);
CADEIRA 06 – ELIZIANE ALVES BARBOSA (Professora);
CADEIRA 07 – ANTONIA LUCIA NUNES DE ALENCAR ALMEIDA (Professora);
CADEIRA 08 – LINIK DE DEUS COSTA LIMA (Professor e Historiador);
CADEIRA 09 – MARIA LUCIA DE SOUSA BARBOSA (Historiadora);
CADEIRA 10 – MARIA MANILZA PEREIRA (Literata);
CADEIRA 11 – CÍCERO ARLINDO DOS SANTOS (Policial);
CADEIRA 12 – RAIMUNDO SANDRO CIDRÃO (Escritor);
CADEIRA 13 – JOSÉ VANDIR DE ARAÚJO ALENCAR (Cronista);
CADEIRA 14 – JOSÉ SAYMON RODRIGUES PEREIRA (Historiador e Músico);
CADEIRA 15 – JOSÉ TARCIANO RODRIGUES NOGUEIRA (Professor);
CADEIRA 16 – INDRA DIAS TIMÓTEO (Entusiasta Cultural);
CADEIRA 17 – JOSÉ ORLANDO DE ALBUQUERQUE (Médico);
CADEIRA 18 – MARIA DE FÁTIMA AMORIM (Apoiadora da Cultura);
CADEIRA 19 – PAULO FABIANO ALBERTO NUNES (Músico);
CADEIRA 20 – LUIZ CARLOS SALATIEL (Escritor);
CADEIRA 21 – LUCIANA BARBOSA LIMA SANTOS (Professora);
CADEIRA 22 – JOSÉ ROBERTO DE MORAIS SILVA (Escritor e Professor);
CADEIRA 23 – FRANCISCA FERREIRA DE LIRA E SILVA (Poeta);
CADEIRA 24 – MARIA DO SOCORRO GUEDES VENÂNCIO (Professora);
CADEIRA 25 – PEDRO ALVES CAVALCANTE NETO (Poeta Cordelista);
CADEIRA 26 – GERMÁ MARTINS (Escritor);
CADEIRA 27 – JOSÉ HUMBERTO DE ALENCAR FILHO (Apoiador Cultural);
CADEIRA 28 – ANTÔNIO HÉLIO DA SILVA (Escritor);
CADEIRA 29 – ADRIANA PEREIRA COSTA (Formada em Administração).
Ainda tomarão posse este ano mais 10 Acadêmicos:
CADEIRA 30 – Leka Arrais - Antonia do Norte;
CADEIRA 31 – Vagner Góis – Assaré;
CADEIRA 32 – Elisangela - Nova Olinda;
CADEIRA 33 – Luizão – Assaré;
CADEIRA 34 – José Valentim Dantas – Araripe;
CADEIRA 35 – Daniel Gonçalves – Assaré;
CADEIRA 36 – Raimunda - Campos Sales;
CADEIRA 37 – Antônio Rafael – Tarrafas;
CADEIRA 38 – Maria Elói – Salitre;
CADEIRA 39 – de Campos Sales (O nome ainda não foi revelado. Está passando por avaliação).
Estes são pessoas ligadas a valorização da cultura: Escritores, Entusiastas culturais e benfeitores da sociedade.

Muito embora seja uma academia de Letras os seus Acadêmicos estão divididos em três categorias: os escritores, os notáveis (em qualquer área do conhecimento) e os entusiastas culturais.
“Cada cadeira tem um patrono. Sugerimos que o patrono seja uma pessoa que contribuiu com a história, mas que a história esqueceu. Essa é a nossa maneira de resgatar a parte perdida da história”, afirmou o Escritor Francisco Adriano de Sousa.

A academia de Letras do Brasil está em quase todos os estados brasileiros. Está também em alguns países da Europa e da América Latina. Aqui no Ceará existem apenas duas seccionais, a Seccional Ceará (Estadual) e a Seccional Araripe-CE.
A indicada que representará o nosso município na Academia de Letras do Brasil/Araripe-CE é a Professora da EEM Padre Luís Filgueiras - Elisangela Oliveira da Silva. Ela que tem Licenciatura Plena em Geografia e pós-graduação em Geografia e Meio Ambiente, ambas pela URCA – Universidade Regional do Cariri e está cursando a pós-graduação em Paleontologia e Geologia Histórica pela UFC.
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html