Ubuntu Notícias

Administradora Lucélia Muniz

Nova Olinda-CE

Meu chão cearense

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira nossos Patrocinadores

Anuncie com a gente

Marketing Digital

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

E o mundo dá adeus a Quino - cartunista argentino criador de Mafalda

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 30 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Com Informações do G1

Informação foi confirmada pelo editor Daniel Divinsky. Personagem mais famosa do autor, uma garotinha de 6 anos preocupada com problemas sociais, foi traduzida para mais de 30 idiomas. Quino, cartunista argentino conhecido por criar as histórias em quadrinhos da personagem Mafalda, morreu aos 88 anos, confirmou o editor Daniel Divinsky, pelo Twitter.

"Quino morreu. Todas as pessoas boas do país e do mundo ficarão de luto por ele", escreveu ele. A causa da morte não foi oficialmente divulgada. Segundo a imprensa argentina, o artista sofreu um acidente vascular cerebral nos últimos dias.

Joaquín Salvador Lavado foi o criador das histórias em quadrinhos mais traduzidas da língua espanhola. Ele nasceu em 1932, em Mendoza, na Argentina, onde voltou a morar em 2017, após a morte de sua mulher, Alicia Colombo.

Seu nome é sempre associado ao de sua personagem mais famosa, que completou 56 anos nesta segunda-feira (29). A questionadora menininha de seis anos, fã de Beatles, ficou famosa pela preocupação em combater os problemas sociais e a sopa no jantar.

Criação de Mafalda

Quino criou Mafalda já em seu primeiro emprego como desenhista publicitário, que teve início em 1962. A garotinha seria personagem de uma peça de propaganda, que foi rejeitada por jornais na época. O autor retomou o personagem em 1964. A primeira tirinha foi publicada no dia 29 de setembro daquele ano. A partir de então, as historinhas, agora sem objetivo publicitário, acabaram aparecendo em jornais do mundo todo. Mais tarde, os livros de Mafalda foram traduzidos para mais de 30 idiomas.

A personagem também virou protagonista de um filme, produzido na Argentina e lançado em 1982. Além da garotinha, as tirinhas também tornaram célebres personagens como Manolito, Susanita, Guille, Filipe e Libertad. Em 1973, após quase 2 mil tirinhas, Quino decidiu que não desenharia mais Mafalda.

Em uma entrevista em 2014, questionado se a personagem manteria seu olhar crítico ao mundo tantos anos depois, Quino disse que sim. "E tem mais argumentos ainda. Se você ver os jornais, não precisa nem perguntar o porquê." Depois de abandonar a personagem, Quino continuou a criar histórias com tom político, muitas vezes sobre opressão e desigualdade social, para jornais de vários países.

Teatro e Língua de Sinais: Como Tornar o Espetáculo Acessível | MOVIMENTO SETEMBRO SURDO DA URCA

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 30 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Com Informações da Professora Rerbelânia Pereira da Universidade Regional do Cariri-URCA

Instagram @librasalunosdarerbi

Arquivo de Imagens da Cartilha

O mês de setembro é dedicado à Comunidade Surda. Hoje é o Dia Internacional do Surdo e o Dia Internacional do Tradutor Intérprete de Libras. O mês de setembro é repleto de datas significativas que refletem a história de luta do Surdos. Idealizado pela professora Rerbelânia Pereira, o Movimento Setembro Surdo da URCA teve início no ano de 2017, com uma série de produções e homenagens voltados para a Comunidade Surda. Protagonizado pelo discentes da universidade, o movimento busca criar ações para divulgar e apoiar a causa.

Estudantes do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Regional do Cariri-URCA criaram uma cartilha para indicar possibilidades de tornar os espetáculos teatrais acessíveis para o público surdo. A ideia surge no componente curricular Fundamentos de Libras, do Curso de Licenciatura em Teatro, pela Universidade Regional do Cariri – URCA, pelos estudantes Áleff Alves, Maria Milene e Renato Érikles com orientações da Professora/intérprete Rerbelânia Pereira.

São muitas as dificuldades técnicas que os tradutores intérpretes de libras - profissionais responsáveis por traduzir peças teatrais para o público surdo - podem deparar-se quanto ao seu posicionamento no palco. Na cartilha, os estudantes, indicam algumas alternativas de posicionamentos facilitadores, tanto do interprete de libras quanto do público surdo, que tornam os espetáculos teatrais acessíveis.

Os tradutores intérpretes de libras no processo de acessibilidade ao público surdo é a principal ferramenta nessa troca. Uma vez que junto ao tradutor intérprete, que fica de costas para a cena e de frente para o público, está o tradutor intérprete de apoio que fica direcionado ao palco e dispõe para o outro as informações visuais da cena, facilitando o encaminhamento das ações apresentadas no palco, para que as mesmas sejam traduzidas para língua brasileira de sinais.

A Universidade Regional do Cariri-URCA abriga o Centro de Artes Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau, Campus localizado em Crato-CE, que comporta em sua estrutura o Auditório Dona Socorro, espaço este onde acontece, semestralmente, as Mostras Didáticas do Curso de Licenciatura em Teatro, que tem como objetivo realizar a culminância dos resultados das disciplinas teóricas/práticas cursadas no decorrer do semestre.

Tendo em vista a presença dos espectadores surdos e dos tradutores intérpretes neste espaço, os estudantes, consideraram o que pode se tornar barreira visual na comunicação entre os mesmos. Dessa forma, além de fazer um mapeamento técnico sobre a proposta de cada espetáculo, estes consideraram a forma como está projetado o edifício teatral, pensando nele em formato palco Italiano.

A partir do referido auditório fizeram breves indicações das locações que os intérpretes e público devem ficar. Conforme a projeção arquitetônica dos auditórios é possível determinar onde o público surdo possa sentar nas fileiras onde fica a plateia.

Alunos do Curso de Artes Visuais da URCA criam HQ em Libras em ocasião do Setembro Surdo desta universidade

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 30 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Com Informações da Professora Rerbelânia Pereira da Universidade Regional do Cariri-URCA

Instagram @librasalunosdarerbi

Arquivo de Imagens da produção da HQ

O mês de setembro é dedicado à Comunidade Surda. Hoje é o Dia Internacional do Surdo e o Dia Internacional do Tradutor Intérprete de Libras. Na Universidade Regional do Cariri-URCA há desde 2017 um movimento chamado Setembro Surdo.

Gesica Natamniele e Lucas Francelino são estudantes do curso de Licenciatura em Artes Visuais na URCA. Matriculados na disciplina Fundamentos de Libras, pensaram em como apoiar a causa do Setembro Surdo através da História em Quadrinhos.

A História em Quadrinhos é uma das linguagens das Artes Visuais, para os artistas, a HQ sempre esteve presente desde a infância. O Universo dos Super heróis é vasto e é também um meio de representatividade. Pensando nisso, os artistas pesquisaram sobre personagens Surdos e deficientes auditivos presentes nas HQ’S e construíram um informativo a fim de divulgar nas redes sociais.

Ao decorrer da pesquisa tiveram a ideia de finalmente realizar a construção de uma HQ a partir desse tema. “Mãos Atômicas” é composta de um episódio piloto onde se representa dois super-heróis Surdos que usam a Língua Brasileira de Sinais e a leitura labial para se comunicarem. Seus poderes partem da sinalização em Libras, e enfrentam vilões como o “Autoritarismo” e o “Preconceito”.

Os personagens foram inspirados a partir de conceitos e temas reais que pertencem a história e luta dos Surdos e das Língua de Sinais e foram estudados durantes a disciplina de Libras, como a imposição oralista, o preconceito linguístico e o ouvintismo.

Os artistas acreditam que a representatividade se faz importante para que as pessoas aprendam sobre a Comunidade Surda e o verdadeiro significado do Setembro Surdo. A HQ está sendo divulgada no instagram dos artistas @zumenx2 e na página @librasalunosdarerbi. Os alunos pretendem prosseguir com a pesquisa para assim dar continuidade a HQ “Mãos Atômicas”.

O mês de setembro é repleto de datas significativas que refletem a história de luta do Surdos. Idealizado pela professora Rerbelânia Pereira, o movimento Setembro Surdo da URCA teve início no ano de 2017, com uma série de produções e homenagens voltados para a Comunidade Surda. Protagonizado pelo discentes da universidade, o movimento busca criar ações para divulgar e apoiar a causa.

terça-feira, 29 de setembro de 2020

E quem faz Aniversário hoje em Araripe é a Presidente da ALB/Araripe-CE, a Senhora Lúcia Nunes

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 29 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

E hoje celebramos a vida da Presidente da Academia de Letras do Brasil/Regional Seccional Araripe-CE, a Senhora Lúcia Nunes, em Araripe-CE. Minha Presidente Lúcia Nunes, Parabéns e muitas felicidades! Que a vida continue lhe presenteando com muitas conquistas, saúde e prosperidade! Um Feliz Aniversário! 

E quem também apaga as velinhas hoje é – Josefa Aparecida, Naiara Henrique, Douglas Domiciano, Francisca Pereira, Ramon Martins, Andréia Alencar, Rafael Regis, Airton Junior, Gledson Soares, Jardel Xavier, Agna Thais Leite - a quem deixo registrado os meus parabéns e votos de muitas felicidades, saúde e prosperidade!

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Boletim epidemiológico do novo Coronavírus | NOVA OLINDA-CE

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 28 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Com Informações da Secretaria da Saúde de Nova Olinda

A Secretaria da Saúde de Nova Olinda informa que, nesta segunda-feira 28 de Setembro, 11 casos foram notificados como SUSPEITOS, 10 casos DESCARTADOS e 04 casos CONFIRMADOS para o novo Coronavírus no município. Os pacientes confirmados tratam-se de dois homens e duas mulheres, todos são adultos e não apresentam comorbidades. Estes seguem em isolamento domiciliar juntamente com os seus contactantes.

Até o atual momento foram notificados 453 pacientes, desses 301 descartados, 122 confirmados (desses 100 pacientes estão curados e 03 óbitos) e 30 estão suspeitos para COVID-19 aguardando laudo laboratorial.

Estudos epidemiológicos evidenciam queda contínua no número de casos e óbitos no Ceará. No entanto, o Cariri ainda apresenta aumento constante de casos positivos, por isso precisamos manter os cuidados para que não haja um novo pico de infecção. Orientamos cautela, principalmente para aqueles do grupo de risco, limitando os contatos sociais, distanciamento de dois metros, uso de máscara, higiene das mãos frequente e não aglomerar. Vigilância Epidemiológica de Nova Olinda

HOMENAGEM ÂNGELO ROMÃO – O REPENTISTA por Antônio Hélio da Silva

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 28 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

 Por Antônio Hélio da Silva - cronista e jornalista

No olor do mato seco, das brocas na quentura ao som da cigarra enroscada nos galhos retorcidos pelo calor, vive o nordestino oito meses do ano, enfrenando altos e baixos, driblando as agruras da vida.

Já alguns meditaram nas madrugadas, existência de lugares melhores que o meio onde nasceu e se criou. E desnorteados pela fome assolando sua casa e a vizinhança, um pau de araras ambulante os levou para longínquas paragens. Os dribladores de agruras suportaram e suportam sofrer em demasia e ainda habitam o sertãozão esturricado de falta d’água. Esses vivem na romaria da vida em busca do arroz com feijão de cada dia. E o sofrer não é 100% sofrer. Há a recompensa nos tempos bons de inverno.

O João de Barros fazendo casa profética de inverno e seca. O casaca de couro arrancando arroz nascido na cova no verão. Verão sapecando arbustos do baixio onde uiva o cachorro doido. Arroz maduro torrado no caco e desocupado no pilão. Tudo isso faz parte da geograficidade do bravo sertanejo. Esse não vive a sonhar com terras sudestinas nem nortistas a lhe atrair para lá. E se sonha, não põe em prática a exemplo do sonho com bichos das roletas cosmonianas. E vai o homem do campo, ruminando em busca de sobrevivência com opções que somente ele e quem o sertão habitou conhece. Canapum encontrado ao capinar a roça de feijão associado ao milho. Melancia da praia ao limpar do arroz na parte mais alta do baixão. Icó achado pelos meninos de baladeiras caçadores de passarinhos no marmeleiro verde durante o inverno. Mel de enxu verdadeiro debaixo do balceiro ao pé da cerca antiga de vara se delindo com o tempo. Croatá que ao ver o menino, bluetooth-fa ao fígado toda a acidez (antes mesmo de chegar à boca). Rabo de raposa no caminho da roça ao canto pavoroso do Papa-lagarta. O fruto do mandacaru, perfurado ou não pelo sanhaço, só não é mais saboroso do que a pinha madura, no ponto, que a avó guarda na parte de baixo da cristaleira para o neto que vai chegar da rua. Nenhuma vó é interesseira. Mas sabe ela que vai ganhar do neto uma travessa de cabelo e um vidrinho de óleo de coco. Sem contar com o abraço que somente Vó, Vô e netos sabem dar. 

Com todas as maravilhas que se vive no campo, acho até que se a terra é nossa mãe, o sertão é nosso pai. E não há outra maravilha maior do que se criar no campo participando de tudo que é dele junto a família. Principalmente se visto com efeito retroativo. Visto nessa perspectiva, o cronovisor do tempo é simplesmente máquina que viu o passado e não revelou para ninguém. Só sabemos que há, através da mídia. E ainda com possibilidades de ser boato. Já meu retrovisor mental é a máquina que viu o passado, previu o futuro e me revelou tudo no presente, com o frescor da retroatividade. A você que também possui esse retrovisor mental, será revelado. Basta regressar sua mente ao alcance do passado. Se fizer, recomendo que escreva. Assim o leitor também saberá. E o sertão ficará em mais um papel de memória.

O camponês resistente é dono do usufruto das primícias que a terra produz. O suor regando com esperança cada centímetro de solo, demarca a poesia que o homem há de colher para demarcar seu campo de trabalho, na arte de viver bem.          

As atividades campesinas não se tornam rotinas. A diversidade de solo, das plantas, árvores, tempo e clima, torna peculiar cada instante no campo. A roça quase sempre é a grande mesa do almoço. “Nove e meia ele é almoço tarde”. O melhor relógio do campo no período da manhã é o estômago. À tarde, já foram um dedo, sombreando 4 dedos. Quem começa às 5 horas, nove, já direciona olhares para o caminho que traz o almoço. Enquanto não se ouvi o grito da dona de casa ou do trazedor do rango no aceiro da roça, uma tamboeira de melancia é quebrada na pedra e comida por todos sob a neblina que antecede a chuva. O meninote que vai beber água na cabaça ao pé da moita, nem tanto pela cede; mais para aliviar as mãos calosas, vai pegando flor vermelha de mel orvalhada e sugando para enganar o estômago “que não ver a hora” de se fartar na comida com galinha caipira cozida. A mistura sacrificosa à galinha é um brinde ao trabalhador animado pelo campo todo verde.

Êita sertão misterioso e original! Sua gente sublime e santa não tem 1% do conforto que tem a gente violentada da cidade. As palavras bonitas do sertão nem ousam chagar a cidade. Vaga-lume, bila, pernoite, baladeira; na cidade se camuflam de pirilampo, bolinha de gude, hospedagem e estilingue.

Quem na história se sai melhor é o violeiro que sabe tudo e esbanja cultura aonde estiver.  Seja cultura da terra quente. Seja das terras alagadas Marianas e Brumadinas das Minas Gerais. Da cidade nem conto! Do sertão é ele, e sabe mais do que quem sabe muito. A diferença enorme de repentista para poeta bissexto, sequer ouso me atrever. Não menosprezando Aníbal Machado nem Joaquim Cardozo. A cultura sertaneja é de êito, de improviso. Não se estuda para fazer repente, trabalhar na roça, fazer arapucas, fôjo, nem se educar. E se planta, se limpa mato, colhe-se feijão, se pega preás e há educação da criança ao adulto. E em seca ou inverno, o agricultor ainda recebe com banquetes e festas o povo urbano que ele sustenta o ano inteiro, a troco de preços parcos. E muitos cidadãos pouco sabem dessa ciência empírica só avistada pelos filósofos e poetas.

Repentista! O próprio vento é quem diz e aponta sem riste. Basta chegar uma brisa no Carão do Carão e revelar que vai chegar inverno... Mestre Ângelo Romão já desveste sua viola e na intimidade entre ela e ele, magôa os dedos para massagear a inspiração e jorrar poesia aos varões, varoas e a patroa. A vizinhança acorda com as cordas prateando os crepúsculos a serviço do nascer e morrer do dia. O presente da cantoria chega a qualquer hora sem avisar. Já os visitantes, esses se deleitam com tudo programado e repentes refinados pelo anfitrião-mor do Carão.

Oh sertão que dorme e não cochila! A poesia é tão sua, quanto são seus dialetos e lamentos desejosos de chuva e boa safra.

Texto escrito em: 29.01.2019.

Araripe – Ceará, 26 de setembro de 2020.                                                       

domingo, 27 de setembro de 2020

Nota de Pesar aos familiares e amigos do Mestre Elison Laurentino | NOVA OLINDA-CE

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 27 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Hoje Nova Olinda dá adeus ao Mestre Elison Laurentino, uma pessoa de uma contribuição muito valiosa e significativa para a Cultura Popular, em especial as Quadrilhas Juninas. Em junho de 2011 ele participou como Personalidade do Mês da Rede de Blogs de Nova Olinda -  projeto coordenado por mim enquanto professora da Escola Padre Luís Filgueiras.

E no Festival de Quadrilhas Juninas de Nova Olinda do ano de 2015, onde estava na cobertura deste evento, tive a oportunidade vê-lo se apresentar como marcador da Junina Siri Ará na ocasião representando o nosso município. Falar de Elison é fazer referência a um dos ícones da Cultura Viva premiado em vários festivais!

Este ano em decorrência dos problemas de saúde apresentados pelo mesmo houve uma comoção entre pessoas de vários municípios e muitas campanhas beneficentes foram realizadas para ajudá-lo a restabelecer a saúde.

Elison que Deus te acolha! Descanse em paz! Aos familiares e amigos deixo aqui o meu abraço virtual e que Deus possa lhes confortar neste momento de dor. Meu Deus, conforta o coração daqueles que hoje choram por terem visto partir alguém que amavam. A dor é grande, mas com Teu poder ela pode ser substituída por esperança e paz. Amém!

sábado, 26 de setembro de 2020

E quem faz Aniversário hoje em Nova Olinda é meu sobrinho João Pedro

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 26 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__      

E hoje celebramos a vida do meu sobrinho João Pedro da França Ferreira em Nova Olinda-CE. O mesmo é filho da minha irmã Luciana França e de Edivan Ferreira. João Pedro, Parabéns e muitas felicidades! Que a vida continue lhe presenteando com muitas conquistas, saúde e prosperidade! Um Feliz Aniversário! 

E quem também apaga as velinhas hoje é – Othávio Sousa, Andressa Nascimento, Ligia Venancio, Nayara Nolberto, Francinilto Alencar, Henrique Silva - a quem deixo registrado os meus parabéns e votos de muitas felicidades, saúde e prosperidade!

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Boletim epidemiológico do novo Coronavírus | NOVA OLINDA-CE

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 25 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Com Informações da Secretaria da Saúde de Nova Olinda

A Secretaria da Saúde de Nova Olinda informa que, nesta sexta-feira 25 de Setembro, 03 casos foram notificados como SUSPEITOS para o novo Coronavírus no município.

Até o atual momento foram notificados 442 pacientes, desses 291 descartados, 118 confirmados (desses 100 pacientes estão curados e 03 óbitos) e 33 estão suspeitos para COVID-19 aguardando laudo laboratorial.

Estudos epidemiológicos evidenciam queda contínua no número de casos e óbitos no Ceará. No entanto, o Cariri ainda apresenta aumento constante de casos positivos, por isso precisamos manter os cuidados para que não haja um novo pico de infecção. Orientamos cautela, principalmente para aqueles do grupo de risco, limitando os contatos sociais, distanciamento de dois metros, uso de máscara, higiene das mãos frequente e não aglomerar. Vigilância Epidemiológica de Nova Olinda

Governador Camilo Santana sanciona a lei que cria a Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 25 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Na manhã desta sexta-feira (25), o Governador Camilo Santana, se pronunciou por meio de uma live transmitida pelo Facebook. Neste pronunciamento onde esteve acompanhado do secretário da Segurança Pública, Sandro Caron, e do delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Rattacaso, falou que estava sancionando a lei que cria a Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos.

“Será um importante reforço do Estado no combate a diversos crimes cometidos na Internet”, destacou o Governador Camilo Santana.

A matéria que foi aprovada pela Assembleia Legislativa é muito importante para a Segurança Pública onde cria a DRCC- Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos.

“Com a evolução da Tecnologia da Informação, da Comunicação, da Internet, das Redes Sociais, há muitos crimes cometidos pela Internet ou pelas redes sociais, crimes que prejudicam muito a população. Então, acompanhando a evolução tecnológica do mundo, da conectividade, nós estamos criando uma delegacia exclusiva pra reprimir estes tipos de crimes,” disse Camilo Santana em pronunciamento.  

Agora a Polícia Civil do Estado do Ceará pode dá uma resposta mais eficaz a crimes e delitos como pedofilia, fake news (notícias falsas), fraudes e extorsões praticadas pela Internet, por exemplo.

Consultora de Beleza da Mary Kay - Andréia Alencar

Serviços

Venda de maquiagens, produtos para a pele e perfumaria.

Contatos

(88) 9 9933 2864 (WhatsApp)

(88) 9 9291 4315

Endereço

Rua Cícera Barbosa, 784

Bairro Terreiro Duro

Em Nova Olinda-CE

Horário de funcionamento

Horário comercial


Redes Sociais

Perfil no Facebook

Instagram @andreiaalencarpereira

E-mail

andreiaalencarpereira@hotmail.com

andreiaap5566@gmail.com

Agradecemos a Cliente Janaína que tem cartão fidelidade. 

Pet Shop e Estética Animal Atual

Serviços

Banho, tosa higiênica, tosa completa, tosa bebê, tosa na tesoura, penteados, corte de unha, escovação dentária, pintura, baby liss. Tosa especiais: tosa da raça, tosa japonesa, trimming, Handstripping.

Organização

Weugleyber Feitosa

Tosador

Amós de Paiva Goes - natural de Salvador-BA com 16 anos na área de Estética Animal, possui reconhecimento em torneios e desfiles nacionais.

Contatos

(88) 9 9711 0398 (WhatsApp)

Endereço

Avenida Perimetral Sul, 471

Centro

Em Nova Olinda-CE

Horário de funcionamento

De segunda-feira a sexta-feira das 8h às 17h.

Aos sábados das 8h às 12h.

Redes Sociais

Perfil no Facebook

Página no Facebook

Instagram @petshopatual3

E-mail

petshopatual@gmail.com