Ubuntu Notícias

Administradora Lucélia Muniz

Nova Olinda-CE

Meu chão cearense

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira os nossos Patrocinadores

Ubuntu Notícias Oferecimento

Confira nossos Patrocinadores

Anuncie com a gente

Marketing Digital

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Convite e Missa


Nota de Pesar aos familiares de Diego Pereira dos Santos

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 26 de junho de 2019
Diego Pereira dos Santos, 10 anos, veio a óbito ontem (25) por volta das 23h. Ele que estava hospitalizado no São Francisco em Crato-CE e apresentava um quadro de problemas respiratórios não vindo a resistir a uma parada cardíaca. O laudo médico é de pneumonia.

MENSAGEM
Quando uma criança parte deste mundo o céu ganha mais um anjo e o firmamento mais uma estrela. Sinto muito por esta perda, e acreditem que a dor da sua família é sentida por todos seus amigos e conhecidos.

Recebam meu apoio e o desejo que este momento de grande dor seja breve. O tempo levará o sofrimento e deixará saudade e serenidade. Tenham fé e coragem! Minha solidariedade!

O corpo está sendo velado na casa de seus avós no Sítio Pedra Branca em Santana do Cariri e a missa de corpo presente e sepultamento será amanhã  (27) na Igreja de Senhora Santana às 10h em Santana do Cariri. 

terça-feira, 25 de junho de 2019

Gripe H1N1 | SINTOMAS, DIAGNÓSTICO, VACINA E TRATAMENTO

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 25 de junho de 2019
Por Chloé Pinheiro Via Saúde 
Esse subtipo de vírus influenza continua preocupando as autoridades em 2019. Saiba como evitar e combater o problema
O H1N1 ficou famoso há uma década, quando uma epidemia desse subtipo do vírus da gripe provocou 2 mil mortes no Brasil. Em 2018, ele foi responsável por 65% dos óbitos decorrentes dessa doença. E ainda preocupa em 2019, porque já registrou vítimas fatais – especialmente no Amazonas, que inclusive antecipou sua campanha de vacinação para conter o surto.

O H1N1 causa os mesmos sintomas das outras versões do vírus influenza: febre alta, mal-estar, dor de cabeça, espirros e tosse. A diferença estaria no risco de complicações.

“Ele é um pouco mais virulento. Ou seja, multiplica-se rapidamente no organismo e provoca mais casos graves em jovens, asmáticos e gestantes”, comenta Rosana Richtmann, infectologista do Instituto Emílio Ribas, de São Paulo.

O H1N1 integra o time dos vírus influenza tipo A, do qual o H3N2 também faz parte. Esse agente infeccioso, aliás, parece ser mais perigoso para os idosos.

A outra família de influenza, do tipo B, geralmente se manifesta de maneira mais branda, segundo Hélio Bacha, infectologista do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Os especialistas alertam, porém, que as diferenças de agressividade entre os subtipos da gripe são tênues, até porque dependem das constantes mutações que esses vírus sofrem. Em resumo, todos preocupam.

“Temos uma concepção de que o risco é maior quando se trata do H1N1, mas a gripe é uma ameaça sempre, principalmente quando há outras doenças presentes”, reforça Bacha. “Até o tipo B pode ser perigoso”, completa.

O que é diferente no H1N1

Basicamente, a estrutura do vírus, que possui algumas proteínas diferentes. Além disso, assim como todos os membros da família, o H1N1 sofre mutações frequentes – daí a necessidade de tomar a vacina anualmente, principalmente nas campanhas nacionais. O imunizante é atualizado de acordo com as variedades que estão circulando pelo mundo.

A boa notícia é que as mutações mais impactantes, com potencial extra para fazer estragos, são esporádicas. “A cada seis ou sete anos, temos mudanças mais significativas. Aí costumamos ter epidemias maiores, porque o sistema imune da população não conhece aquele agente, como ocorreu no Brasil anos atrás”, explica Bacha.

Diagnóstico e tratamento

Quando os sintomas aparecem, o ideal é procurar o médico. Em determinados casos de H1N1, pode haver dificuldade para respirar ou falta de ar – um sintoma que também surge em indivíduos acometidos com outros tipos de gripe, aliás.

No outono e inverno, quando a incidência da enfermidade é mais alta, nem sempre os médicos solicitam exames que façam essa diferenciação. Até porque o tratamento costuma ser igual.

“O importante é desconfiar do vírus influenza em geral e iniciar o tratamento nas primeiras 48 horas. Os remédios antivirais combatem qualquer um dos subtipos”, destaca Rosana Richtmann.

Mas atenção: esses fármacos (lembra do Tamiflu?) são prescritos nas situações com maior risco de complicações e morte. Diabéticos e idosos, por exemplo, são candidatos por possuírem um déficit no sistema imunológico.

Em casos mais simples, geralmente os médicos apenas manejam os sintomas. Eles oferecem antitérmicos para baixar a febre, analgésicos para controlar a dor, e por aí vai. Enquanto isso, o próprio organismo produz anticorpos para debelar a infecção – para ajudá-lo, repouse e se hidrate.

Como prevenir

Todos os subtipos da gripe são transmitidos da mesma maneira: pelo contato com gotículas da saliva e com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

O vírus presente nessas partículas pode ficar ativo por horas em maçanetas, roupas, portas e outros objetos. Basta tocar em um deles e depois colocar a mão na boca ou nos olhos. Daí por que os especialistas pedem tanto para a gente lavar as mãos com frequência.

Para evitar a gripe, o ideal é se vacinar, especialmente se fizer parte dos grupos prioritários – crianças de até 6 anos incompletos, idosos, gestantes, indivíduos imunodeprimidos ou portadores de doenças crônicas… “Tomar as doses anuais é a principal forma de prevenção”, crava Rosana. Como se fosse pouco, o imunizante diminui o risco de agravamento da doença.

No mais, vale tomar medidas básicas de proteção contra doenças no geral. Além de higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel, mantenha os ambientes arejados e tape o nariz e a boca na hora de espirrar.

Indiretamente, adotar um estilo de vida saudável ajuda, porque reforça as defesas naturais do corpo. Durma bem, faça exercício e coma de maneira equilibrada.

Veja quem votou contra e a favor do decreto das armas de Bolsonaro no Senado

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 25 de junho de 2019
– Via Congresso em Foco
O Senado decidiu derrubar, na noite da terça-feira (18), o decreto do governo Bolsonaro que facilita a aquisição e o porte de armas para várias categorias profissionais no país. Em uma sessão polarizada, o texto acabou derrotado por 47 votos a 28. A decisão segue para apreciação da Câmara dos Deputados.

Desde o início da semana, parlamentares projetavam uma votação apertada para qualquer um dos lados, o que acabou não ocorrendo. O voto "sim" (a favor do Projeto de Decreto Legislativo que derrubou o texto de Bolsonaro) triunfou com 19 votos de diferença.

Confira quem votou de cada lado:
SIM (Contra o decreto das armas):
- Eliziane Gama (Cidadania-MA)
- Alessandro Vieira (Cidadania-SE)
- Álvaro Dias (Podemos-PR)
- Eduardo Girão (Podemos-CE)
- Oriovisto Guimarães (Podemos-PR)
- Romário (Podemos-RJ)
- Rose de Freitas (Podemos-ES)
- Styvenson Valentim (Podemos-RN)
- Antonio Anastasia (PSDB-MG)
- Mara Gabrilli (PSDB-SP)
- José Serra (PSDB-SP)
- Plínio Valério (PSDB-AM)
- Rodrigo Cunha (PSDB-AL)
- Tasso Jereissati (PSDB-CE)
- Mecias de Jesus (PRB-RR)
- Cid Gomes (PDT-CE)
-Weverton (PDT-MA)
- Kátia Abreu (PDT-TO)
- Wellington Fagundes (PL-MT)
- Daniella Ribeiro (PP-PB)
- Esperidião Amin (PP-SC)
- Jorge Kajuru (PSB-GO)
- Leila Barros (PSB-DF)
- Veneziano (PSB-PB)
- Fabiano Contarato (Rede-ES)
- Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
- Flávio Arns (Rede-PR)
- Humberto Costa (PT-PE)
- Rogério Carvalho (PT-SE)
- Jaques Wagner (PT-BA)
- Jean Paul Prates (PT-RN)
- Paulo Paim (PT-RS)
- Paulo Rocha (PT-PA)
- Confúcio Moura (MDB-RO)
- Eduardo Braga (MDB-AM)
- Renan Calheiros (MDB-AL)
- Jarbas Vasconcelos (MDB-PE)
- José Maranhão (MDB-PB)
- Marcelo Castro (MDB-PI)
- Simone Tebet (MDB-MS)
- Otto Alencar (PSD-BA)
- Omar Aziz (PSD-AM)
- Jayme Campos (DEM-MT)
- Rodrigo Pacheco (DEM-MG)
- Renilde Bulhões (Pros-AL)
- Zenaide Maia (Pros-RN)
- Reguffe (Sem partido-DF)

NÃO (a favor do decreto das armas):
- Flávio Bolsonaro (PSL-RJ)
- Major Olímpio (PSL-SP)
- Juíza Selma (PSL-MT)
- Soraya Thronycke (PSL-MS)
- Angelo Coronel (PSD-BA)
- Arolde de Oliveira (PSD-RJ)
- Lucas Barreto (PSD-AP)
- Carlos Viana (PSD-MG)
- Nelsinho Trad (PSD-MS)
- Chico Rodrigues (DEM-AP)
- Marcos Rogério (DEM-RO)
- Ciro Nogueira (PP-PI)
- Luiz Carlos Heinze (PP-RS)
-Vanderlan Cardoso (PP-GO)
- Mailza Gomes (PP-AC)
- Elmano Férrer (Podemos-PI)
- Lasier Martins (Podemos-RS)
- Izalci Lucas (PSDB-DF)
- Roberto Rocha (PSDB-MA)
- Jorginho Mello (PL-SC)
- Marcos do Val (Cidadania-ES)
- Telmário Mota (Pros-RR)
- Márcio Bittar (MDB-AC)
- Luiz do Carmo (MDB-GO)
- Dario Berger (MDB-SC)
- Eduardo Gomes (MDB-TO)
- Fernando Bezerra (MDB-PE)
- Zequinha Marinho (PSC-PA)

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Por 8 a 3, Supremo aprova a criminalização da LGBTfobia | JUSTIÇA

(Foto: Antonio Cruz/Abr)
Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 24 de junho de 2019
Por Alexandre Putti – Via Carta Capital

Crimes de ódio contra a população LGBT serão punidos na forma do crime de racismo, cuja conduta é inafiançável e imprescritível

A partir da quinta-feira, 13, a LGBTfobia é crime no Brasil. Foi o que decidiu o plenário do Supremo Tribunal Federal, que declarou a omissão do Congresso em aprovar a matéria e determinou que o crime de racismo seja enquadrado nos casos de agressões contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis) até que a norma seja aprovada pelo Parlamento.

Foram julgadas duas ações: uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADO 26), enviada à Corte em 2013 pelo PPS (Partido Popular Socialista), e o Mandado de Injunção (MI 4733), que foi protocolado em 2012 pela Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT).

O julgamento começou em fevereiro e foi retomado com as manifestações da ministra Cármen Lúcia, que elogiou o voto de seus colegas anteriores e já no início anunciou que votaria a favor do relator. “O Estado brasileiro, por onde anda? Cadê o Estado que é responsável por legislar?”, questionou a ministra.

Em seguida votou o ministro Ricardo Lewandowski, que foi o primeiro ministro a votar contra a entender que a Lei Antirracismo não se aplica a homofobia, por não abarcar “opção sexual”, mas reconheceu mora legislativa para dar ciência ao Congresso tomar providências. Marco Aurélio e o presidente da Corte, Dias Toffoli, também seguiram esse entendimento e votaram contra.

Depois votou Celso de Mello e Gilmar Mendes, que seguiram a maioria e classificaram a LGBTfobia como crime de racismo, encerrando a votação por 8votos a 3.

Agora é crime

A partir de agora, crimes de ódio contra a população LGBT serão punidos na forma do crime de racismo, cuja conduta é inafiançável e imprescritível. A pena varia entre um e cinco anos de reclusão, de acordo com a conduta. (...)

18ª Edição do Ubuntu Notícias | QUADRO DE ENTREVISTAS, GIRO DA SEMANA, UBUNTU NEWS E COLABORADORES

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 24 de junho de 2019
Padrão de beleza é você se sentir bem, ser linda de alma e coração também”.
E no Quadro de Entrevistas desta edição, uma conversa com a Miss Plus Size Cariri - Thais Amorim, 27 anos, formada em Gestão de Recursos Humanos, Modelo e Empresária.

E no Giro da Semana:
IV Banquete Literário da escola profissional de Nova Olinda teve como tema – Ceará, Terra da Luz!
Leia mais em: https://bit.ly/2Fpi9Ts

Brasil bate Itália com gol histórico de Marta e avança às oitavas de final
Leia mais em: https://bit.ly/2XSLTPP

E neste domingo teve atleta novo-olindense no pódio
Confira o resultado em: https://bit.ly/2MUcBXa

Ainda no Ubuntu News:
Prêmio Congresso em Foco divulga lista dos parlamentares aptos para a disputa em 2019
Leia mais em: https://bit.ly/2WSRNiG

Nunca se compare a ninguém, as pessoas são diferentes e
é isso que as tornam únicas e especiais”.
Anuncie com a gente! Entre em contato! (88) 9 9964 3918 (WhatsApp)

São João Batista Por Mateus Poeta | POESIA

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 24 de junho de 2019
Quem nasce para ser poeta
Tem uma fonte de inspiração
Utiliza as palavras e as letras
No tempo e na imaginação
E neste dom tão sagrado
Escrevo o verso bem rimado
A história de são João.

Nessa viagem poética
Buscamos sempre o referencial
Com o poder da bíblia sagrada
Nosso guia espiritual
No ventre ele já tinha sua missão
Pregar o evangelho a oração
No universo celestial.

São João Batista
De Assú é padroeiro do lugar
O precursor de Jesus Cristo
Deus veio lhe consagrar
No templo de Jerusalém
Os anjos disseram amém
Para hoje sua vida poder contar.

No antigo testamento
Guardei a passagem em memória
O que se referia são João
Isaías está anunciar a glória
Malaquias anunciou também
Que veria um sacerdote do bem
Que marcaria nossa história.

Descendente de Abraão
Sua mãe santa Isabel
Zacarias seu pai chamado
Homem Justo e fiel
O anjo a ele apareceu
Enviado pelo espírito de Deus
De uma luz vinda do céu.

Isabel já era anciã idosa
Com seus sessenta anos de idade
Estéril sem poder ter filhos
Desde a sua mocidade
Zacarias escute com atenção
O menino que nascer chamará João
Que a Deus seja sua vontade.

Zacarias ficou calado
Era tarde a noite chegaria
O anjo também anunciou
A santa virgem Maria
Ela teria o filho de Deus
Pregador dos povos seus
Assim aconteceu como o anjo dizia.

São João nasceu
Na cidade de Israel
Passou a juventude no deserto
Onde ele fazia seu papel
No grande rio Jordão
Batizando toda a nação
E glorificando a Deus no céu.

Neste mesmo Rio
Jesus ele batizou
Como o anjo havia dito
A sua mãe ele anunciou
O batismo a humanidade daria
O filho de Deus ele batizaria
Nas escrituras assim ficou.

Denunciou a vida imoral
Deixando exemplo pra nação
Denunciava governo Herodes
Fazendo sua pregação
De Deus foi o porta voz
Andando com manto lençóis
Levando a palavra da salvação.

São João foi condenado
E levado para a prisão
Morto executado
Sem piedade sem compaixão
Sua cabeça foi degolada
Em uma bandeja foi levada
evangelho de Mateus fala da sua execução.

Assim morreu são João Batista
Sacerdote que veio anunciar
A verdade, amor e justiça
Falou da paz por todo lugar
Foi um exemplo na humanidade
Com as águas da caridade
Sua fé, fez nós amar.

Mediante sua história
Fazemos uma reflexão
O exemplo que ele nos deixou
Com o poder da oração
Temos sempre que evangelizar
Obedecer e praticar
Sermos servos de coração.

domingo, 23 de junho de 2019

Parabéns, mulheres, por toda garra, todo brilho, e toda entrega | SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 23 de junho de 2019
Pelas oitavas de final no final da tarde deste domingo, a Seleção Brasileira Feminina jogou contra a França. As brasileiras acabaram perdendo depois de um jogo muito disputado definido na prorrogação com o placar de 2 x 1 para a França, em Le Havre.

O treinador da seleção brasileira disse em entrevista que as jogadoras Marta e Cristiane ainda jogarão por mais alguns anos. Apesar de lamentar a derrota, Vadão disse que as brasileiras se despedem do torneio "com a cabeça erguida" e "olhando para frente" após uma partida "balanceada" contra a seleção anfitriã. "Acho que jogamos quatro partidas muito boas neste torneio e perder faz parte do futebol”, ressaltou.

A craque Marta desabafou e fez um pedido à próxima geração de jogadoras da seleção brasileira. Sem citar alguém especificamente, num recado às meninas da nova geração, exigiu mais profissionalismo.
 — É um momento especial e a gente tem que aproveitar. Digo isso no sentido de valorizar mais. Valorize. A gente pede tanto, pede apoio, mas a gente também precisa valorizar. A gente está sorrindo aqui e acho que é esse o primordial, ter que chorar no começo para sorrir no fim  —  disse Marta, que acrescentou:
 — Quando digo isso é querer mais, treinar mais, estar pronta para jogar 90 e mais 30 minutos e mais quantos minutos forem necessários. É isso que peço para as meninas. Não vai ter uma Formiga para sempre, não vai ter uma Marta para sempre, não vai ter uma Cristiane. O futebol feminino depende de vocês para sobreviver. Então pensem nisso, valorizem mais. Chorem no começo para sorrir no fim — pediu a craque.

E Viva São João, São Pedro e Santo Antônio | FESTA JUNINA

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 23 de junho de 2019
O mês de junho é o momento de se fazer homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. E hoje é comum encontrar familiares e amigos reunidos para festejar o mês junino iluminado pela fogueira de São João.
Os festivais juninos ganham espaço nas cidades e o Nordeste tem neste mês uma de suas tradições mais fortes. Chapéu de palha, roupa xadrez, fogueira, forró e comidas típicas dão o tom da festa.
Depois da colheita do milho uma diversidade de alimentos oriundos do mesmo chega até a mesa: bolo, pipoca, milho cozido e assado na brasa, pamonha, canjica, cuscuz, são apenas alguns exemplos. 
Ainda somos servidos por outras comidas bem típicas da nossa região, como o mugunzá, tapioca, amendoim, caipirinha, aluá, batata doce, pé-de-moleque, arroz doce, bolo de puba, fubá, cocada, e por aí vai... aposto que deu água na boca?
As tradições fazem parte das comemorações. O mês de junho é marcado pelas fogueiras, que servem como centro para a famosa dança de quadrilhas.
Como Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, são comuns as simpatias para mulheres solteiras que querem se casar. E tem quem ganhe afilhado/afilhada de fogueira. Então, ainda é comum você encontrar alguém que ganhou um(a) Padrinho/Madrinha no São João.
Aqui estou vendo as redes sociais tomadas por fotografias que mostram amigos, familiares reunidos nesta data tão marcante. Eu estou em casa porque estou bem cansada, mas minha irmã Ana Lucia mandou carne assada com baião-de-dois de fava e bolo de puba. Ah, e meus gatos estão encolhidinhos com medo dos fogos! Então, eles fazem companhia para mim e eu cuido deles!  
Para vocês que estão reunidos festejando esta data, um boa noite e uma semana abençoada! E Viva São João, São Pedro e Santo Antônio!

sexta-feira, 21 de junho de 2019

IV Banquete Literário da escola profissional de Nova Olinda teve como tema – Ceará, Terra da Luz!

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 21 de junho de 2019
No final da tarde desta sexta-feira, o auditório da EEEP Wellington Belém de Figueiredo, recebeu alunos, professores e convidados para a IV edição do Banquete Literário. Desta vez, o tema selecionado foi “Ceará, Terra da Luz” e sob a coordenação da Professora regente da Biblioteca, Luciana França, os alunos das turmas dos 3º anos e 2º anos, trouxeram músicas e poesias que retratam a nossa terrinha amada.
O objetivo do Projeto Banquete Literário é valorizar as habilidades artísticas e culturais dos alunos, fortalecendo o gosto pela arte e leitura diante do exercício da criatividade literária. “Ao valorizarmos a alma de um povo, suas raízes e identidade, ficam marcadas nas manifestações da cultura, da literatura e da arte”, disse a Professora Luciana França, coordenadora do projeto.
As atividades foram organizadas ao longo deste primeiro semestre com a incumbência de culminar com um evento que acolhesse a arte e a cultura, sem deixar de lado as expressões artísticas de nossa região. Logo, o nosso Cariri, foi mostrado como celeiro da cultura num palco de cores e encantos.
Na abertura do evento os alunos Helen e Richardson destacaram o porquê da temática selecionada para a IV edição do banquete: “De acordo com o epíteto, dado ao Ceará, como “terra da luz”, por ser o primeiro estado a abolir a escravidão negra, é, também, nota à radiante luz que abrasa e faz este povo ser feliz nas suas lutas, reacendendo sempre sua esperança”.
O cardápio ofertado aos presentes foi um mix entre a tradição e o contemporâneo, servido em poesia e música dos escritores, cantores e poetas cearenses.
Logo na abertura foi declamada a Poesia – Geometria dos ventos – da escritora Rachel de Queiroz. Uma entrada perfeita para que todos pudessem começar a se servir do que viria a seguir:
- O Professor Guilherme Bastos entrou em meio aos presentes trajando as vestimentas de um Vaqueiro – vestes confeccionadas pelo Mestre da Cultura Popular do Estado do Ceará, Espedito Seleiro.
- A música: Cauim e hóstia abriu o I Bloco de Poesias – Memória com Iracema guardiã de Virgílio Maia; Meu tempo de criança de Francisca Lira; Saudade de Patativa do Assaré; Família de Mariano Carvalho; Velhice de Alda Cordeiro; Café de Adjanir Nascimento; O rio de minha vida de Lucivânio Corrêia; Erupção de Sandro Cidrão.
Em seguida foi cantado as músicas: Saudade de Ocê e Doce estrela. No II Bloco de Poesias – O canto do poeta de Adriano Sousa; Quixotesco de Difá Dias; Metamorfose de Fátima Teles; Elegia para Clarice Lispector de Émerson Cardoso; O poeta e o sempre de Difá Dias; e a música meu xodó.
No III Bloco de Poesias – As cores de Gislayne Ronize; Livro do passado de José Roberto; Etílica de Adjanir Nascimento; De ferro e de fogo de Adriano Sousa; Ai se cesse de Zé da Luz. Ainda teve a música autoral da aluna Jéssica – Chamam de amor e a música Espumas ao vento.
Com o tema Social veio o IV Bloco de Poesias – Retiro de Fátima Teles; Insignificância de Abraham Roosevelt; A vida de Francisca Lira; Povo de Deus de Eliziane Alves; Tristeza e alegria de Tiago Nascimento; A La Brecht de Difá Dias; Lua de Oslo de Geraldo Urano; a música Súplica cearense.
Quem marcou presença e foi homenageado foram os escritores Francisca Lira e Adriano Sousa da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE e a Professora Maria José da Academia de Letras/Seccional Jaguaruana-CE.
Ainda foram homenageados os ex-alunos – Denir Duarte e Raimundo Júnior, os Professores de Língua Portuguesa – Sandra Bessa, Patrícia Moreira e Guilherme Bastos e as Coordenadoras Escolar – Ana Maria Batista da Área de Linguagens e Célia Dias – da coordenação de estágio.
Quando se bebe do conhecimento expresso em nossa cultura, o saber inevitavelmente transborda, e todos podem se saciar nesta fonte da sabedoria.  

quarta-feira, 19 de junho de 2019

Marta orgulho dos Brasileiros Por Mateus Poeta

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 19 de junho de 2019
Marta Vieira da Silva
Nossa gigante Marta.
Camisa dez ela carrega
É uma Brasileira nata,
Nossa atacante que orgulha
Bola nos seus pés ela chaculha,
Com garra otimismo emoção
azul, amarelo e verde é sua cor.
Carrega no seu peito com amor
O país Brasil é seu coração....

Artilheira da história,
Do futebol feminino.
Das copas do mundo,
Tá no sangue tá no destino,
A maior futebolista
Em todos os tempos vista,
Sendo ela a primeira,
Alagoana de muita fé
Marta em campo é a Pelé
Que sempre honrou sua bandeira.

Seis vezes já recebeu
O troféu em sua mão.
Conquista mais que justa
O futebol é sua missão,
Melhor jogadora do mundo.
Um orgulho tão profundo,
Que leva em suas chuteiras,
A estrela brilha na Vitória
Mulher de fibra e glória
Que representa toda as Brasileiras.
Poeta Mateus
Jaguaruana-CE

Prêmio Congresso em Foco divulga lista dos parlamentares aptos para a disputa em 2019

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 19 de junho de 2019
Está no ar, desde a segunda-feira (17), a lista dos parlamentares aptos a disputar o Prêmio Congresso em Foco 2019. São congressistas que não respondem a acusações criminais e que exerceram o mandato por ao menos 60 dias na atual legislatura.

Conforme o regulamento, somente aqueles que preenchem esses dois requisitos poderão concorrer nas categorias gerais (“Melhores Deputados” e “Melhores Senadores”) da premiação mais importante da política brasileira.
Uma lista preliminar esteve sob consulta entre os dias 27 de maio e 10 de junho para eventuais contestações dos parlamentares que não constavam da relação. Ou seja, aqueles que são alvos de investigação, de acordo com levantamento feito pelo Congresso em Foco.

Assim como nos últimos anos, os congressistas mais bem avaliados serão escolhidos por meio de três filtros: votação popular, júri especializado e jornalistas que cobrem o Congresso. A votação na internet vai se estender de 1º a 31 de agosto. Os vencedores serão anunciados em cerimônia marcada para 19 de setembro.

Confira os nossos representantes cearenses que participam desta edição do prêmio!
Senador – Partido
CEARÁ
Cid Gomes (PDT)
Eduardo Girão (Podemos)
Tasso Jereissati (PSDB)

Deputado - Partido
CEARÁ
Aj Albuquerque (PP)
André Figueiredo (PDT)
Célio Studart (PV)
Denis Bezerra (PSB)
Domingos Neto (PSD)
Dr. Jaziel (PL)
Eduardo Bismarck (PDT)
Genecias Noronha (Pros)
Heitor Freire (PSL)
Idilvan Alencar (PDT)
José Airton Félix Cirilo (PT)
José Guimarães (PT)
Leônidas Cristino (PDT)
Mauro Benevides Filho (PDT)
Moses Rodrigues (MDB)
Pedro Augusto Bezerra (PTB)
Vaidon Oliveira (Pros)