sexta-feira, 26 de julho de 2019

X Artefatos da Cultura Negra contará com a participação do altaneirense Nicolau Neto - ativista dos Direitos Humanos

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 26 de julho de 2019
O Artefatos da Cultura Negra, em sua década de existência, segue assumindo seu compromisso de formação interdisciplinar nos âmbitos político, pedagógico e cultural reunindo ativistas do movimento social negro, pesquisadores, professores e estudantes com propósito de fortalecer a construção de uma educação antirracista que amplie a compreensão e participação da presença negra e das africanidades na história e cultura brasileira.

Na atual conjuntura de desmonte da estrutura criada em consonância com as políticas públicas de promoção da igualdade racial e da promoção e garantia de direitos de forma mais ampla, faz-se ainda mais necessário reivindicar lugares de fala, ocupar espaços e fortalecer iniciativas que reforçam a luta antirracista.

Nesse sentido, o X Artefatos da Cultura Negra busca criar um território de trocas de saberes entre academia, escolas, movimentos sociais, mestras e mestres da cultura, artistas e comunidades tradicionais com o intuito de construir redes, criar formas de resistência e promover afetos a fim de fortalecer pessoas e espaços que reflitam e coloquem em prática o combate ao racismo.

Considerando que o acesso à educação nunca se consolidou de forma democrática para todos, falar sobre a política de cotas nas universidades na atualidade é fundamental para compreender e combater o racismo e as contradições históricas da nossa sociedade.
Sendo assim, o X Congresso Artefatos da Cultura Negra irá discutir sobre "A política de cotas nas universidades do Sul cearense: acesso, permanência e procedimentos de heteroidentificação", tendo como debatedores a professora Maria Telvira, Djamiro Acipreste e o Nicolau Neto. Essa mesa vai acontecer no dia 26 de setembro a partir das 19h no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri-URCA/Pimenta.

0 comentários:

Postar um comentário

LUCÉLIA MUNIZ FRANÇA
Blogueira, Professora e Microempresária. Membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, Cadeira nº 35 que tem como Patrona a Professora e Artesã - Maria Constância da França Muniz. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri-URCA com habilitação em Matemática. Especialista em Matemática e Física pela Faculdade de Juazeiro do Norte-FJN.