domingo, 18 de março de 2018

Série Elas por Elas com Hanna Alencar

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 18 de março de 2018
*Agna Hanna Alencar Cardoso é natural de Crato-CE, reside em Quixeramobim-CE.
*Enfermeira da Estratégia Saúde da Família, Bacharel e Licenciatura Plena em Enfermagem.

Entrevista
Ubuntu Notícias - Dentro do contexto atual, na sua opinião, quais as principais conquistas alcançadas pelas mulheres?
Hanna Alencar - Indubitavelmente, sabemos que a luta pela igualdade de direitos para as mulheres é uma realidade. Mas, apesar disso, acredito que muitas foram as conquistas no decorrer do tempo. Nos tornamos mulheres mais independentes, com liberdade para exercermos a nossa cidadania, a escolha das nossas profissões, fazendo com que aquele velho estereótipo de que “a mulher tem que ser dona de casa, uma boa mãe, uma boa esposa” não seja mais algo imposto para nós e, sim, uma escolha pessoal de cada mulher.

Ubuntu Notícias - E você, qual sua principal conquista enquanto mulher?
Hanna Alencar - A minha principal conquista foi a minha independência, ter tido o direito de escolher para mim o que eu sempre idealizei na vida, que era em primeiro lugar estudar e ter uma profissão, um emprego estável. Em um mundo de uma sociedade ainda com valores machista, ter tido a coragem de sair de casa tão nova para perseguir meus sonhos e vê-los se realizando, com certeza é motivo de felicidade para mim.

Ubuntu Notícias - Em pleno século XXI, quais situações ainda são enfrentadas pelas mulheres? Seja na questão de gênero, na falta de políticas públicas e/ou no contexto socioeconômico.
Hanna Alencar  - É lastimável ter que afirmar que nós mulheres ainda temos muitos desafios pela frente para, enfim, sermos reconhecidas e respeitadas pela nossa capacidade tal qual os homens. Situações de preconceitos ainda podem ser vistas na nossa sociedade, muitas delas ainda ligada a imagem de que a mulher é o “sexo frágil”. Acredito que não seja por falta de políticas públicas que abordem sobre essa questão, mas sim na forma como a sociedade, de uma forma em geral, pensa e age sobre a questão, e como está enraizado na cultura do nosso país esses pensamentos machistas.

Ubuntu Notícias - E como a Educação pode ser usada como uma “arma” no combate a estas situações?
Hanna Alencar - A educação é uma ferramenta muito poderosa de transformação, em todos os sentidos. Quando estudamos, damos a nós mesmos o direito de nos desprender de estereótipos e sermos o que nós quisermos ser, aprendendo a respeitar e conviver com as diferenças, sejam elas de gênero, sociais, econômicas e culturais.

Ubuntu Notícias - Deixe-nos uma mensagem neste Dia Internacional da Mulher.
Hanna Alencar - Como mensagem para todas as mulheres, deixo essa belíssima citação de um dos meus autores favoritos: “Que comece agora. E que seja permanente essa vontade de ir além daquilo que me espera. E que eu espero também. Que eu saiba puxar lá do fundo do baú, o jeito de sorrir pros nãos da vida. Que as perdas sejam medidas em milímetros e que todo ganho não possa ser medido por fita métrica nem contado em reais. Que as relações criadas sejam honestamente mantidas e seladas com abraços longos. Que eu possa também abrir espaço pra cultivar a todo instante as sementes do bem e da felicidade de quem não importa quem seja ou do mal que tenha feito para mim. Que a vida me ensine a amar cada vez mais, de um jeito mais leve. Que o respeito comigo mesma seja sempre obedecido com a paz de quem está se encontrando e se conhecendo com um coração maior. Um encontro com a vontade de paz e o desejo de viver”. (Caio Fernando Abreu)
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html
 

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)