terça-feira, 13 de março de 2018

Série Elas por Elas com Acilana Neta

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 13 de março de 2018
*Acilana Alencar Neta é natural de Brejo Grande – Santana do Cariri-CE, residindo no Crato desde 1969 quando se deslocou para estudar.
*Professora com formação acadêmica em Pedagogia com Habilitação em Orientação Educacional pela UECE e Especialista em Gestão Escolar (UDESC) e Alfabetização (URCA).

ENTREVISTA
Ubuntu Notícias - Dentro do contexto atual, na sua opinião, quais as principais conquistas alcançadas pelas mulheres?
Acilana Neta - O direito de ser livre, ou seja, de viver independente não só financeiramente. Até o direito do “voto” e um pouco mais a frente éramos submissas de um sistema que via a MULHER como um “ser frágil” incapaz de administrar sua própria vida. Hoje entramos e saímos em qualquer lugar e somos respeitadas como seres pensantes e capazes. Lutamos por este direito e conseguimos. Agora só precisamos nos manter. Trabalhar fora (competindo de igual pra igual com o sexo oposto), cuidar de filhos, de marido, de casa é tarefa para quem lutou e conquistou espaço na sociedade atual.

Ubuntu Notícias - E você, qual sua principal conquista enquanto mulher?
Acilana Neta - Tudo isso que falei anteriormente e principalmente, divorciar-se com três filhas pequenas e não deixar a “peteca cair”. Hoje as vejo formadas, sem nenhum transtorno ou “trauma de pais separados” e pergunto-me como dei conta dessa tarefa tão complexa e diga-se de passagem... muito bem!

Ubuntu Notícias - Em pleno século XXI, quais situações ainda são enfrentadas pelas mulheres? Seja na questão de gênero, na falta de políticas públicas e/ou no contexto socioeconômico?
Acilana Neta - Vixe difícil de responder, mas vamos lá!  Acredito que as situações só existem se a gente não tem coragem de enfrentá-las. Levantar a cabeça, saber aonde vai e o que quer são requisitos essenciais para o enfrentamento do que surge. Não dá mais pra viver no século atual com o pensamento do século passado. Há toda uma gama de informações que precisam ser processadas e que nos ajuda a viver bem!

Ubuntu Notícias - E como a Educação pode ser usada como uma “arma” no combate a estas situações?
Acilana Neta - Esse discurso da educação é velho e esquecemos de pô-lo em prática, em se falando de educação escolar. A vida nos educa! A escola repassa informações que precisam ser utilizadas na busca das situações surgidas e ela precisa URGENTEMENTE rever a sua função enquanto educadora, formadora de cidadãos. Vivemos em uma sociedade que não oportuniza a todos e a escola ainda reproduz isso! Mexer nessa “caixinha” é difícil, mas um dia chegaremos lá.

Ubuntu Notícias - Deixe-nos uma mensagem neste Dia Internacional da Mulher.
Acilana Neta - “Que a cada dia acreditemos mais na nossa capacidade de se transformar e de transformar o outro que está ao nosso lado. Viver e viver como eternos aprendizes... deve ser o nosso lema. Não tenhamos medo! O mundo é nosso! O mundo é das mulheres, afinal somos maioria e com “jeitinho” somos únicas!
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

5 comentários:

  1. acilana alencar neta e so mais um exemplo de que todas as mulheres hoje em dia podem e devem ser independente.

    ResponderExcluir
  2. EU TENHO CERTEZA QUE A ACILANA E UMA MULHER GUERREIRA QUE LUTA PELOS SEUS IDEAIS E QUE NAO ABAIXA A CABEÇA PARA O MACHISMO.

    ResponderExcluir
  3. Acilana Alencar Neta ,tem uma historia de vida muito bonita envolve coragem e determinaçao.

    ResponderExcluir
  4. Pessoa super inteligente e muito determinada. Tive o privilégio de trabalha com ela e também ser seu aluno de pós-graduação. É um exemplo pra ser seguido pelas mulheres que merecem respeito e que lutam incansavelmente pela liberdade. Pois,toda mulher é um ser especial e que merece ser valorizadas em todos os segmentos da sociedade.

    ResponderExcluir
  5. Pessoa super inteligente e muito determinada. Tive o privilégio de trabalha com ela e também ser seu aluno de pós-graduação. É um exemplo pra ser seguido pelas mulheres que merecem respeito e que lutam incansavelmente pela liberdade. Pois,toda mulher é um ser especial e que merece ser valorizadas em todos os segmentos da sociedade.

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)