sábado, 26 de fevereiro de 2022

Aula de Campo no Centro de Tecnologia Mineral – Calcário Cariri (CTMC )| NOVA OLINDA-CE

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 26 de fevereiro de 2022

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

O Centro de Tecnologia Mineral do Cariri (CTMC), localizado em Nova Olinda-CE é uma iniciativa do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior-Secitece, para transferir tecnologia aos produtores de mineração, através de qualificação por meio de oficinas, seminários e cursos, conferindo maior competitividade à Pedra Cariri proveniente das jazidas de Nova Olinda e Santana do Cariri.

Inaugurado no dia 05 de abril de 2018, o CTMC é uma ferramenta importante para fomentar o desenvolvimento econômico e social na região. A ideia é agregar valor à Pedra Cariri, reduzindo perdas e viabilizando o desenvolvimento de novos produtos, como artesanatos e artefatos minerais.

Todo o material recebido pela unidade é triado e tem procedência e legalização registrada. Os fósseis encontrados neste rejeito são depositados no Museu de Paleontologia de Santana do Cariri (Urca). A unidade conta com autossuficiência financeira através de recursos obtidos a partir do beneficiamento e comercialização de placas de calcário.

Na quinta-feira (24), tive a oportunidade de enquanto Professora da Eletiva – Gerenciamento de Resíduos Sólidos na EEMTI Padre Luís Filgueiras de Nova Olinda, levar meus alunos das turmas de 1º ano para fazer uma aula de campo.

Fomos recebidos pelo Rainier Lino, Diretor Administrativo do CTMC, que nos conduziu apresentando a referida instituição. O principal motivo da nossa aula foi referente no tocante ao destino dado ao rejeito (sobras provenientes do corte do calcário), uma vez que a disciplina eletiva diz respeito ao gerenciamento de resíduos sólidos.

O Diretor Administrativo nos disse que do rejeito da pedra é possível fazer tijolos, massa plástica, mosaicos, porcelanato, também para a construção e aterros, e ainda como adubo para as plantas.

Quanto ao mercado, as pedras que são recebidas das mineradoras locais, são cortadas num padrão para comercialização, recebendo calibragem e secagem. Estes dispõem de um maquinário – calibradora e de uma cortadora de mosaicos, por exemplo – para desenvolvimento das referidas atividades.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!