quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Programa Círculos de Leitura na EEEP Wellington Belém de Figueiredo em tempos de pandemia | CAMPANHA SETEMBRO AMARELO

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 23 de setembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Multiplicadores do Programa Círculos de Leitura (Instituto Braudel/SEDUC/CREDE 18), também, participam da Campanha Setembro Amarelo. A produção acontece a partir da leitura de módulos lidos e socialização de reflexões via Google Meet ou WhatsApp.

“Nessa nova publicação, através do Portal Ubuntu Notícias, trazemos para vocês cartas e poesias que vem de encontro com a Campanha Setembro Amarelo, através de mensagens motivacionais”, disse a Profª Luciana França.

Queridos Colegas do Círculo de Leitura,

Durante a leitura do Conto a Ilha Desconhecida refleti e fiz questionamentos sobre meu autoconhecimento. A meu ver cada um de nós ainda tem uma parte oculta, uma ilha desconhecida que precisa ser compreendida e aceitada. Muitas vezes, para conhecer a si mesmo fazemos coisas, buscando o desconhecido externamente, superficial. Mas, é necessário ver internamente através de pensamentos positivos e negativos, a tolerância e não tolerância, a tomada de decisões que nos rodeia.

Fiquei muito surpresa com a leitura e a tomei como um aprendizado. Conheci outra parte de mim: mais reflexiva, vontade de buscar o novo, encontrei-me.

Nossas leituras são surpreendentes e maravilhosas. Vamos compartilhar nossas reflexões e novas leituras aguardar.

            Abraços e beijos para todos vocês.

Yarah Lima.

Queridos leitores,

Diante da leitura do Conto a Ilha Desconhecida venho falar um pouco sobre as minhas reflexões. O conto tem um final diferente do que imaginava, mas um grande valor em significados para a vida.

Aprendi que não importa o que as pessoas vão falar, as críticas, conceitos, mas o importante é seguir o nosso caminho, por mais difícil que seja. É necessário procurar o que realmente necessitamos para tornar nossa vida melhor, mais agradável, junto ao que gostamos e a quem admiramos. É necessário, também, encontrar a melhor forma de seguir o nosso caminho para chegar aos nossos sonhos.

Um futuro promissor nos espera! Mas, nessa estrada, é preciso encontrar a si mesmo, primeiro, para que tenhamos uma vida alegre, feliz e realizada.

Abraços.

Ana Jamile.

Infância

A beleza cotidiana

Parece invisível aos nossos olhos.

A correria é tanta

E isso tira o sentido,

Gerando um processo de repetição.

Desperto para a renovação,

Para as mudanças.

E essa mudança começa na lembrança,

Doces lembranças da infância.

Essas memórias fortalecem

A confiança em seguir,

Confiar, acreditar

E, nunca desistir.

Evelyn Alencar

Conhecer é buscar.

Conhecer é buscar

Ou até mesmo mudar

O ponto de vista que se tem.

Ver o interior pelo lado de fora,

Buscar e se aventurar em novas terras,

Novas águas.

É através do conhecimento

Que a busca se torna contínua,

Que encontramos nossa ilha.

E quando conseguimos vê-la de outros ângulos,

Do lado de fora,

Descobrimos, assim, o que há dentro dela.

Joyce Gomes.

O catador de pensamentos

Ele tinha um ofício especial:

Catava pensamentos.

Um trabalho minucioso e preciso

De paciência, dedicação, zelo e lealdade.

Colher pensamentos pela cidade!

Os pensamentos são tantos e diversos,

Um turbilhão de sentimentos

Que quando coletados e classificados

São plantados.

Quando nascidos...

Que novidade!

Nascem reciclados,

Todos transformados

Em beleza e novidade,

Um verdadeiro encanto!

O dia começa e os pensamentos renascem,

Mas transformados.

A coleta de outros pensamentos começa,

Seguindo um novo ciclo

Para transformação.

Profa. Luciana França

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!