sábado, 13 de junho de 2020

Poesia “Se cuidem na pandemia!” de autoria da Professora Maria Salete Alves Cordeiro

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 14 de junho de 2020
Por Maria Salete Alves Cordeiro - Professora aposentada com graduação em Letras
Caros leitores resolvi
Escrever também meus versos
Falando da pandemia
Pois é um fato concreto
Penso em mente e escrevo
E o mundo hoje vejo
Que não existe nada certo.

Familiares e amigos,
vamos todos se ajudar
contra o corona vírus
pra que possamos ultrapassar
Desse grande isolamento
Que é um grande tormento
Não vemos a hora passar.

Não vemos a hora passar
Dessa grande agonia
Meu Deus quem foi que já viu
Tudo isto nestes dias
Todo mundo usando máscaras
E novos casos se alastra
Assustando as famílias.

Assustando as famílias,
Porém toda a nação
Devemos olhar para o céu
E pedir em oração
Àquele Deus soberano
Que de todos ele é o dono
E conhece o nosso coração.

Conhece nosso coração,
E os nossos pensamentos
Se quiser ele termina,
Tudo, tudo em um momento
Muita gente é que se julga
Não reza e vive confusa
Com coisas erradas na mente.

Com coisas erradas na mente
Fazem muitos por aí
Em aglomeração e curtindo
Querendo se distrair
Não levam a sério o vírus
Onde pra muitos é perigo
Outros só querem curtir.

Vamos com amor seguir
Com fé esperança e amor
Pois até no sofrimento
Ele conhece sua dor
Não temas siga a diante
Ore, reze e a ele clame
Que Jesus é o Salvador.

Jesus é o nosso Salvador
Basta só acreditar,
Em tempo de pandemia
Nós devemos se ajudar
Partilhando com o irmão
Vendo a sua precisão
E podendo compartilhar.

Podendo compartilhar
Daquele que necessita
Dê uma ajuda qualquer
Não sendo oferecida
Fazendo uma boa ação
Deus olha o teu coração
E transforma a tua vida.

Que possamos certamente
Depois desta pandemia
Lembrarmos mais do Senhor
Pois ele é o nosso guia
Reze, ore, cante e louve
Pois ele é nosso Socorro
Disso tenho garantia.

Peço a todos que ao ler
Meus versos com atenção
Que possamos amar mais
E ajudar o nosso irmão
E não perca sua fé
Jesus, Maria e José
É a nossa salvação.

É a nossa salvação
Para quem nele confia
Pois no momento da dor
Ele nos traz alegria
Lhe sustenta pela mão
E não esmorecemos não
Porque ele é o nosso guia.

E para finalizar
Quero um lembrete fazer
Que possamos cumprir ordens
De todos que vem a esclarecer
Lavando as mãos frequentemente
Álcool em gel sempre em frente
Para o vírus não crescer.


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!