terça-feira, 10 de julho de 2018

Filhos precisam de Pais: os desafios e as possibilidades de ação

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 10 de julho de 2018
Por Pedro Virgínio

Professor licenciado em História, com formações complementares em Psicopedagogia, Docência e Gestão escolar

O amor inerente

É privilégio e Dever de pais e mães transmitir seus valores positivos aos filhos
Valores Pessoais e familiares;
Valores sociais e universais.
“Se não educas teus filhos,
O mundo os educará”.

Ninguém pode dar o que não tem: Como pais e mães, devemos cultivar em nós mesmos os valores que queremos transmitir
Honestidade, Respeito, Autocontrole e Trabalho.
“O exemplo não é uma forma de ensinar.
É a única forma de ensinar.”
“Oriente-se, antes de orientar.”

Os grandes desafios da atualidade
A. Crise de autoridade paterna, materna e social
Família - primeira instância da socialização e da noção de autoridade;
Evolução da ideia de autoridade paterna (do poder de vida e morte ao dever de defender, prover e educar);
Crise de autoridade na Sociedade - Políticos, Professores, Pais, Polícia, Juízes, Médicos (autoridade decadente).
“É possível uma sociedade em que não se reconhece qualquer autoridade?”

Precoce sexualização e híperssexualização
Relacionamentos precoces;
Dependência emocional;
Crises existenciais;
Desmotivação para os estudos - baixo desempenho acadêmico;
Gravidez precoce;
Ingresso precoce no mundo do trabalho - interrupção dos estudos.

Fragilidade emocional (baixa resiliência)
Vitimização;
Amargura;
Ressentimento.
“Alguém é culpado por minhas dificuldades, insucessos ou insatisfações. “
“Nada posso fazer por mim mesmo - Quem garantirá meu “direito”?”
Suicídio - Atentado contra si, para atingir outro (Freud)
Insatisfação - Quanto mais tenho, mais vazio me sinto.
Imediatismo - Não saber adiar a gratificação - frustração rápida.
Cutting - Aliviando a dor emocional por meio da automutilação.

O que fazer diante dos desafios?  Plano de ação
Crie estratégias para manter a aproximação dos filhos e da família (o caso das baterias viciadas - hábitos negativos).
Monitore o que seus filhos assistem (filmes e séries). O que compartilham em redes sociais, manifestam suas ideias e tendências. Observem mudanças repentinas de comportamento.
Encare com franca abertura quando seus filhos lhe falarem de seus dilemas e erros. Não reaja com descontrole. Mantenha aberto o canal da comunicação. Deixe claro que podem confiar em você.
Ofereça um Modelo: Converse francamente com seus filhos sobre você. Conte sua história, suas lutas, seus medos e suas vitórias. Apresente exemplos retirados de sua própria vida que os ajude a refletir sobre a vida deles mesmos. Isto fortalecerá o vínculo entre vocês.
Ofereça limites: apresente as regras do jogo do modo consistente.
http://www.ubuntunoticiasce.com.br/2017/08/ubuntu-noticias-oferecimento.html

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)