sábado, 9 de dezembro de 2017

Discurso de ódio é disseminado diariamente através das redes sociais!

Lucélia Muniz* 09 de dezembro de 2017 – Ubuntu Notícias
*Professora e Blogueira
Não diria que nos últimos dias, mas nos últimos anos venho presenciando a disseminação de discursos de ódio através da Internet como verdadeiras “ervas daninhas”. Um ambiente onde poderíamos democratizar informações voltadas para a construção de políticas públicas e acima de tudo o RESPEITO! Infelizmente este ambiente deu voz ao preconceito, a discriminação e a exclusão!

Não vejo embasamento nem coerência em muitos textos escritos muitas vezes de forma ambígua! É como se fosse pra “bater de frente” mesmo! Afinal, fico me perguntando onde entra os argumentos? Cadê os argumentos? Não respeitar a opinião do outro e se utilizar de um discurso de ódio pode até ser fácil e isso se percebe pela quantidade de comentários nesse nível catastrófico. Ora, convença pelos argumentos! Ou você não tem argumento? Ou seus “argumentos” não convencem? Nem pode obrigar o outro a ser parte de sua ideologia, principalmente, quando sua ideologia é pautada no preconceito e na exclusão das minorias, os menos favorecidos e menos assistidos!

Infelizmente tive que bloquear algumas pessoas de uma rede social, o Facebook, não discuto com quem quer que seja pelas redes sociais. Se quiserem conversar pessoalmente estou totalmente aberta ao diálogo. Afinal, quando a conversa sai do campo das ideias e do respeito já não se configura mais como diálogo. Se configura como desrespeito ao outro e manifestação de repúdio ao outro.

Quando vejo manifestações pautadas num discurso de ódio é como se todo dia tivéssemos que ser obrigados a tomar uma dose diária de veneno. Numa sociedade doente podemos estar propensos a adoecer também. Por isso, estou tomando minhas medidas, zelando pela minha saúde! Não vou tomar essa dose diária de veneno, guarde seu discurso de ódio para você!

Numa época marcada pelo conservadorismo e a imposição de leis sem fundamento humano é preciso plantar e disseminar AMOR, talvez assim um dia o terreno volte a ser fértil e consigamos combater as “ervas daninhas”.

Estudar para alguns virou até sinônimo de afronta! Ora quer saber da minha trajetória de vida, do quanto me esforço dia a dia para conseguir um espaço para sobreviver nesta sociedade tire seu calçado, dispa-se de seus pré-conceitos e faça a minha caminhada.

Cada um faz a sua história! Agora se a sua história contribui com a sociedade ou não, pense e reflita um pouco! O estudo traz luz e combate a ignorância e isso chega pela sabedoria e acima de tudo pelo reconhecimento do outro enquanto ser humano! Ontem lutei, hoje continuo lutando e para amanhã vou continuar lutando, sonhando com uma sociedade mais justa e igualitária para as próximas gerações!

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)