quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Câmara rejeita denúncia contra Temer

Deputados decidiram nesta quarta-feira (2) sobre acusação por corrupção passiva contra o presidente Temer; Oposição precisava de 342 votos para que denúncia prosseguisse
Após quase 13h de trabalhos, a Câmara dos Deputados rejeitou a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), por corrupção passiva, proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR). A decisão aprova o relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) por uma margem menor do que a esperada: planilha do governo previa 303 votos “Sim”, mas o resultado final mostrou o apoio de 40 deputados a menos.
Parlamentares de estados ao Norte e ao Sul se alternaram ao microfone para dizer se estavam a favor do parecer de Abi-Ackel ou, ao contrário, votariam “Não”, defendendo o prosseguimento da acusação, como se posicionaram 227 deputados. A cada unidade da federação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), convocava nome a nome por ordem alfabética e, ao final, repetia a chamada dos que estavam ausentes.

Manifestações pelas redes sociais antes e depois da votação lotaram as times line, confira algumas:
Karlene Rodrigues (Campos Sales)  - Saibamos dar a resposta certa nas URNAS. 2018 vem aí.
Edezyo Jalled (Fortaleza) – “Ano que vem terá eleições, muitas dúvidas ainda existem, porém já sei em quem NÃO votar. É preciso que haja uma resposta Firme e Forte nas Urnas!!! #FotaTemer #Golpistas #GeneciasNuncaMais
Clodovanio Silva (Nova Olinda) – #oseleitos A câmara dos deputados definitivamente não representa o povo brasileiro. Estranho saber que fomos nós que os elegemos. #liberdade.”
Nicolau Neto (Altaneira) – “Em um cenário vergonhoso como esse tem espaço para esperanças? Sim. E ela vem de onde se deve vir. Alunos e alunas acompanhando, discutindo e se posicionando sobre o assunto.”

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)