sábado, 23 de abril de 2022

Conheça o Projeto “Nossas ruas, nossas histórias” uma iniciativa da Escola Avelino Feitosa | NOVA OLINDA-CE

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 23 de abril de 2022

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__  @prof.alysonsantos

Com informações do Prof. Me. Alyson Santos, orientador do Projeto “Nossas ruas, nossas histórias”

A ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL AVELINO FEITOSA fica localizada à Rua Manoel Ferreira Lima, S/N no Centro de Nova Olinda-CE. E hoje, a Redação do Ubuntu Notícias, compartilha com vocês a inciativa do Projeto “Nossas ruas, nossas histórias” que está sendo desenvolvido sob a orientação do Prof. Me. Alyson Santos.

Este leciona Geografia na referida instituição de ensino e juntamente com os estudantes dos 9º anos começou a desenvolver o Projeto “Nossas ruas, nossas histórias”.

Contextualizando

Nova Olinda é um pequeno município que fica localizado na Região do Cariri, Sul do estado do Ceará. Com uma população estimada de 15.798 habitantes e com uma área de cerca de 283 km² (IBGE, 2021). O seu espaço urbano é composto 10 (dez) pequenos bairros, conforme determina a Lei Municipal 692/2013. A nomenclatura dos logradouros da urbe está comprometida, tanto pela ausência de leis, como pela precariedade das informações que as leis existentes carregam.

Nova Olinda é destaque no setor turístico, carrega o título nacional de Destino Indutor do Turismo e este ano passou a integrar o Mapa do Turismo Brasileiro. Acomoda monumentos naturais como a Ponte de Pedra e a Pedra da Coruja, estimula o fazer cultural com seus artesanatos, com destaque para o artesanato de couro do Mestre da Cultura Popular, Espedito Seleiro.

Ainda é agraciada com a Fundação Casa Grande/Memorial do Homem Kariri, que recebe uma quantidade de visitantes significativa ao longo do ano, sem falar dos museus orgânicos que estão sendo criados em torno desse embaralhado cultural. Assim, Nova Olinda peca em não ter uma sinalização e a nomenclatura de suas ruas, para que os visitantes possam se orientar de forma correta na cidade.

Esta possui uma precária sinalização de suas ruas, mesmo se tratando de um município turístico.  O Projeto “Nossas ruas, nossas histórias” visa em especial promover o conhecimento da história do nome das ruas de sua urbe, bem como realizar a sinalização, para melhor circulação dos munícipes e visitantes.

O projeto ainda tem por objetivo geral estimular os estudantes dos 9º anos a conhecerem a história dos nomes das ruas da cidade, tendo em vista que as mesmas fazem parte das suas vidas e promover a sinalização dos logradouros com o intuito de organizar a urbe.

Nos objetivos específicos, o Professor Alyson e os estudantes, detalham as ações que serão desenvolvidas através do Projeto “Nossas ruas, nossas histórias”:

Entender como funciona a criação nominal dos logradouros, leitura de mapa e outros comandos relacionados a cartografia;

Descobrir as dimensões (cumprimento e largura) das ruas em estudo;

Identificar pontos de latitude e longitude de cada via;

Realizar levantamento histórico relacionado ao nome das ruas;

Criar um modelo para o legislativo municipal em se tratando da nomenclatura dos logradouros;

Reorganizar via projeto de lei em parceria com o legislativo, os nomes das ruas existentes;

Sinalizar todos as vias e praças contando com a parceria público-privado;

Corrigir o google maps da urbe de Nova Olinda, sítio gratuito e muito usado para localização;

Informar as empresas de água, energia elétrica e aos correios depois da lei sancionada.

Metodologia do projeto

Estabelecer como área de estudo os logradouros situados na cidade de Nova Olinda, conforme a Lei Municipal nº 692/2013, que cria e determina os bairros de Nova Olinda e dá outras providências. Ao realizar visitas aos domicílios dos logradouros em estudo, estimular os estudantes dos 9º anos a fazerem pesquisa quanto a origem do nome de cada rua, avenida... travessa.

Os estudantes ainda realizarão a marcação de pontos do Sistema de Posicionamento Global, conhecido por sua sigla em inglês “GPS”. Os dados de latitude e longitude serão o de início da rua e do seu fim, com essas informações será possível verificar no google maps o comprimento de cada logradouro, sendo que estes ainda medirão manualmente a largura média das vias.

O próximo passo será a compilação dos dados históricos e dos dados geográficos. O levantamento de todas as leis que tratam dessa matéria será de grande importância para a construção da reorganização das nomenclaturas. Visitas técnicas e pontuais a pessoas que tem o notório saber da história do município com o intuito de validar os dados históricos armazenados durante a pesquisa de campo. 

As placas para identificação serão adquiridas com a parceria público-privado, via edital, com os devidos tramites que a administração pública exige. No final de tudo será editado um projeto de lei, reorganizando as nomenclaturas e eternizado o histórico de cada nome dos logradouros, bem como, serão depositados no sítio oficial da prefeitura municipal de Nova Olinda para deleite de todos os interessados.

O projeto que está sendo desenvolvido desde o mês de fevereiro/2022 está em andamento com previsão de conclusão em dezembro/2022, conforme o cronograma de execução do mesmo.

Sobre a relevância do projeto para o nosso município

Mesmo as ruas que possuem uma lei denominando-a, não existe uma identificação geográfica de sua localização, ou seja, não há informações como latitudes, longitudes ou direção geográfica. Além de usarem como referência a casa de moradores, ato falho, pois as pessoas podem simplesmente mudar de endereço e assim perdermos a referência da localização da rua. Ademais, a sinalização também é precária, deixando aqueles que necessitam delas, desorientados. O êxito desse projeto deixará a cidade de Nova Olinda sinalizada e com as informações históricas das ruas depositada em seu sítio oficial na internet.

Desde já parabenizo o Professor Alyson e os estudantes pela iniciativa e me coloco à disposição para estar divulgando as ações do projeto. E já estou curiosa para saber quem foi a Professora Nanô/Nanor, denominação da rua onde resido no Bairro Cruzeiro.

5 comentários:

  1. Eu participo,melhor projeto ������

    ResponderExcluir
  2. Vamos descobrir quem foi a Professora Nanor. Grato pelo reconhecimento.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a toda equipe que faz parte do projeto , orgulho de sentir o desempenho de todos!👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  4. Parabéns ao professor pela atitude, a identificação cartográfica de uma cidade é extremamente importante para a fluidez urbanística daquele local.
    Luiz Israel

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!