segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

E dia (20) vocês conferem no Palco Chapada - LUIS CARLOS SALATIEL VIDA E ARTE | CULTURA

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 17 de janeiro de 2022

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Via Facebook do Palco Chapada

LUIZ CARLOS BARBOSA SALATIEL DE ALENCAR

Nasceu em Araripe, Ceará, no dia 23 de abril de 1953. É cidadão cratense, título concedido pela Resolução nº 119/2005, de 02 de dezembro de 2005. Em 2016 foi agraciado com a medalha Elói Teles de Mérito Cultural, como reconhecimento do município ao seu trabalho artístico e cultural em prol da comunidade.

Ao longo de 25 anos exerceu funções de administração em agências do Banco do Brasil S.A (São Paulo, Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro e Juazeiro do Norte) e de implantador das novas tecnologias de transmissão de dados nos Centros de Processamento do BB – Cesec Fortaleza/Juazeiro do Norte (1974-1998); Cursou Engenharia Química na Universidade Federal do Ceará–UFC e Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal de Pernambuco (1976/1978). Secretário de Cultura e Turismo do Município de Piranhas – AL (2013/2014).

CURRÍCULO ARTÍSTICO (resumido)

Anos 70 MÚSICA Em Crato, idealiza o Festival Regional da Canção do Cariri e com o grupo “O Cacto” é premiado como intérprete e/ou compositor nas três primeiras edições (1971 a 1973); É membro do júri do Festival Regional da Canção do Cariri, edição 1976; Em Recife, compõe músicas para a peça “Canção de Fogo” de Bráulio Tavares (1976);

Anos 80 Inicia uma profícua parceria musical com o poeta Geraldo Urano; Produz e dirige o primeiro disco do compositor Abidoral Jamacaru, “AVALLON”, eleito pela crítica especializada como o melhor disco independente da década (1986/1987); Escreve, dirige e protagoniza o espetáculo poético-musical “Soy Loco Por Ti América Latina”, com grande sucesso de público e crítica no Cariri cearense e na capital do estado – Fortaleza. Gravado em vídeo pela Cariri Produções foi veiculado na época no Memorial da América Latina, em São Paulo;

Anos 90 Escreve, dirige e protagoniza o espetáculo poético-musical “CHE VIVE”, com a Cia. Oca de Teatro, que apresenta no ambiente universitário local; Produz a banda de rock “Pombos Urbanos”, marco histórico do rock caririense; Produz shows musicais de artistas contemporâneos: Abidoral Jamacaru, Pachelly Jamacaru, João do Crato, Pombos Urbanos dentre tantos; Assume a direção artística da Sociedade Lírica do Belmonte- Solibel (1992/93); Na Oca – Oficinas de Cultura, Artes & produtos derivados monta o coral “Boca de Sapo” com o auxílio da maestrina Aparecida Silvino e regências dos maestros Nivaldo e Leonardo (Solibel);

Anos 2000 A partir de 2002, dedica-se a produzir e gravar o Cd “Contemporâneo”, que homenageia a musicalidade caririense plasmada nos festivais da canção que ocorreram nos anos 71/78; Monta o show “Contemporâneo” que tem sua pré-estreia no Teatro Violeta Arraes (Nova Olinda) e registrado em vídeo pelo Memorial do Homem Cariri – 07 de setembro de 2004; Lança o CD- Contemporâneo em show produzido pela Universidade Regional do Cariri-URCA, em outubro de 2004; lança CD na VI Mostra SESC Cariri das Artes novembro/2004; lança o CD- ‘Contemporâneo’ no Memorial Pe. Cícero, dia 02 dezembro 2004; O Show “Contemporâneo” – Luiz Carlos Salatiel e Banda é projeto selecionado no II Edital de Incentivo às Artes no Ceará 2004/2005 e circula por várias cidades do Ceará; Compõe músicas para a trilha sonora do espetáculo “A Terrível Peleja de Zé de Matos com o Bicho Babau nas Ruas do Crato”, de J. Flávio Vieira (2005); Apresenta o show “Contemporâneo”- Luiz Carlos Salatiel e Banda no Centro Cultural BNB-Cariri, dezembro 2006; Em 26/12/2006, no Cine-Teatro Educadora do Cariri, em Crato, encerra temporada do Show “Contemporâneo” em noite de gala com a participação de todos os músicos/compositores, com caráter beneficente, gravado em vídeo digital como memória desse espetáculo; Profere palestra sobre “Tropicalismo no Cariri?”, com Abidoral Jamacaru e J. Flávio Vieira no CCBNB-Cariri (novembro/2007); Ganha o prêmio de Melhor Intérprete do Festival Cariri da Canção com a canção “Os Girassóis”, de Geraldo Urano e Calazans Neto (junho 2008); É músico convidado pelo CCBNB-Cariri para apresentar o show ‘Contemporâneo’ na III Mostra BNB da Canção Brasileira Independente (set/2009); Apresenta, com Abidoral Jamacaru, o show Noite Cariri, na 12ª Mostra Sesc Cariri de Cultura, no Teatro Salviano Arraes Saraiva, em Crato-CE (13/nov/2010); Compõe canções, em parceria com J. Flávio Vieira, para o CD/Audio Book “As 13 Portas Encantadas...”, de J. Flávio Vieira (2010/2011); Faz direção artística e protagoniza com os artistas Abidoral Jamacaru, João do Crato e Zabumbeiros Cariris o espetáculo musical TRADUÇÕES CARIRIS com apresentações no CCBNB-Cariri, SESC CRATO, Centro Dragão do Mar –Fortaleza, Mercado dos Pinhões Fortaleza, CCBNB-Sousa-PB, Largo RFFSA-Crato, Show de abertura da XIII Mostra SESC Cariri de Cultura (Praça Pe. Cícero-Juazeiro do Norte-CE);

CINEMA E VÍDEO Anos 70 Produz, fotografa e edita o primeiro registro cinematográfico (bitola 8mm) de Patativa do Assaré, Patativa – Um Poeta Camponês, direção de Rosemberg Cariry (1979) e que deu origem ao premiado filme documentário “Patativa do Assaré – Ave Poesia;

Elege-se presidente da Associne – Associação de Cineastas Amadores do Ceará - com sede na Casa Amarela, em Fortaleza (1981); Faz diversas incursões experimentais com cinema na bitola super 8mm (1980/1985);

Anos 90 Atua no filme “Corisco e Dada”, de Rosemberg Cariry, interpretando o cangaceiro cantador Gitirana (1996); Anos 2000 Longas-metragens: Faz still (fotografia de cenas) para o documentário “Juazeiro – A Nova Jerusalém”, de Rosemberg Cariry (2002); atua no filme “Lua Cambará” – Nas Escadarias do Palácio”, de Rosemberg Cariry (2002); atua no filme “Cine Tapuia”, de Rosemberg Cariri (2004); Atua no filme “ Siri-ará”, de Rosemberg Cariri (2007); Outras produções de curta-metragem: atua em “O Auto de Leidiana”, de Rosemberg Cariry(1998); é Assistente de Direção em “O último Dia de Sol”, de Nirton Venâncio (1999); É Assistente de Produção do curta “No Passo da Veia”, de Jane Malaquias(2001); É Assistente de Produção Os Penitentes do Sítio Cabeceiras, de Petrus Cariry (2002); É Produtor Executivo e Assistente de Direção em “O Cinematógrafo Herege”, texto de J. Flávio Vieira, direção de Jefferson Albuquerque Jr. (2011);

Escreve os seguintes roteiros para curtas-metragens para cinema/vídeo: Ficção: Dona Doida, A Noiva (2001), O Batizado (2002) e o Pequizeiro (baseado em romance homônimo de Tiago Barreto Esmeraldo, 2008);

TEATRO Anos 60 Atua e protagoniza os espetáculos: A Exceção e a Regra, de B. Brecht, Bonito Como um Deus, de Millôr Fernandes e Quem Casa Quer Casa, Martins Pena, espetáculos dirigidos por Aldemir Sobreira no núcleo teatral do Grupo Desafio, em Juazeiro do Norte – CE (1967/1969);

Anos 70 Em Recife, a pedido do grupo de teatro local, musica trechos da peça “Canção de Fogo” de Bráulio Tavares (1976);

Anos 80 Em Fortaleza, promove curso de iniciação teatral no Sindicato dos Bancários e compartilha a direção e atuação com Javan Franco do espetáculo “Dois Homens na Mina”, de Henrique Buenaventura (Colombiano), estreia em maio/81, no Teatro da Encetur; No Rio de Janeiro, participa de oficinas de Teatro no Circo Voador;

Anos 90 É Membro Curador da I Mostra Sesc Cariri de Teatro (1999) que deu origem à Mostra Sesc Cariri das Artes;

Anos 2000 É Membro Julgador e Debatedor da III, IV e V Mostra Sesc Cariri de Teatro, ocorridas nos anos 2001, 2002 e 2003, respectivamente; Em Crato, escreve e dirige o espetáculo “A Tentação de Judas”, apresentado ao ar livre nas falésias de Arajara em Barbalha-CE (2003); Concebe, dirige e atua no espetáculo performático-poético-teatral “O Belo e a Fera”, de Geraldo Urano, apresentado na Mostra de Arte e Cultura do Bairro São Miguel e VI Mostra Sesc Cariri de Teatro (2004). Produz e atua na leitura dramática do espetáculo “A terrível Peleja de Zé de Matos com o Bicho Babau nas Ruas do Crato”, de J. Flávio Vieira, Cia. Oca de Teatro, com apresentações na Universidade Regional do Cariri - URCA e VI Mostra Sesc Cariri de Teatro (2004); É Membro Julgador do IV Festival de Esquetes Teatrais do Sesc Crato (2005); Assume a direção geral e atua no espetáculo “A Terrível Peleja de Zé de Matos com o Bicho Babau nas Ruas do Crato”, de J. Flávio Vieira, Cia Oca de Teatro, com apresentações na VII Mostra Sesc Cariri de Teatro (2005), Centro Cultural BNB-Cariri e em cidades cearenses (Crato, Fortaleza, Iguatu, Sobral, Juazeiro do Norte) – Circuito Em Cena Ceará – e ainda no XVII FETAC (Acopiara-CE), sendo o espetáculo mais premiado, totalizando 27 apresentações (2005/2006); Dirige a dramatização de textos do livro “Matozinho Vai à Guerra”, de J. Flávio Vieira, com atores do elenco da Oca. Cia de Teatro, no seu lançamento na Mostra Cariri de Cultura (dia 11/nov/2007);

LITERATURA Anos 80 Em Fortaleza, participa do grupo Literário Nação Cariri que edita o jornal e revista de mesmo nome;

Anos 90 Em Crato, retoma o projeto do jornal literário Folha de Pequi, com grupo de poetas cratenses.

ARTES PLÁSTICAS Anos 70 Participa ativamente do Grupo de Artes por Exemplo que cria o “Salão de Outubro” de artes plásticas, no Crato, e que por muitos anos foi a única mostra de artes plásticas no cariri cearense; Na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo do Recife é membro curador da primeira exposição de Artes Plásticas daquela FAU-PE (1975); Na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Fortaleza produz uma das primeiras exposições do artista plástico Naif Nogueira (1979-80);

Anos 90 Com a OCA, retoma e coordena o “Salão de Outubro”, depois denominado de “Viva Setembro”, quando extrapola os limites das artes plásticas e deriva para a Literatura, a Música, cinema, Teatro e manifestações folclóricas;

Anos 2000 É membro Curador da Mostra de Artes Plásticas da VI Mostra SESC Cariri das Artes (2004); É Selecionado pelo Edital BNB de Cultura, Edição 2009, com o projeto de exposição de Artes Plásticas “Grito de Uma Geração – 40 Anos Depois”, como curador e artista (com Reginaldo Farias), montada com grande sucesso de público e crítica na galeria principal do Centro Cultural BNB (out/2010);

RÁDIO Anos 80 Produz e apresenta o programa de essência “Terra e Brasilis”, com Carlos Rafael Dias e Jackson Bantim, na Rádio Araripe do Crato, 1440 KHZ; Cria, produz e apresenta o primeiro programa sindical do Brasil – “Hora Bancária”, com Carlos Rafael Dias, para o Sindicato dos Bancários do Cariri, veiculado na Rádio Araripe do Crato, 1440 KHZ;

Anos 2009/2012 Cria e apresenta os programa radiofônicos “Cariri Encantado – Sonoridades” e “Cariri Encantado Protagonistas”, patrocinado pelo CCBNB-Cariri em parceria com a Rádio Sociedade Educadora do Cariri e produção da OCA-Oficinas de Cultura Artes e produtos derivados, apresentados às quartas-feiras e sextas-feiras entre duas e três da tarde - pelas ondas sonoras da Rádio Educadora do Cariri, 1020 khz, com o tema: “A nossa arte, a nossa música, a nossa terra nas ondas do rádio”.

OUTRAS AÇÕES CULTURAIS RELEVANTES – Anos 80/90 Em 1987, com artistas organizados, funda a OCA- Oficinas de Cultura, Artes & produtos derivados - que desenvolve projetos na área da música, teatro, literatura e artes plásticas;

Anos 2000 Cria e mantém por dois anos o Espaço de Convivência Multicultural- NaveGarte, com Galeria de Arte, Bar-Café, Livraria e espaço para shows e eventos culturais diferenciados (2000-2002); Cria e administra a revista eletrônica virtual CaririCult – Arte, Cultura e Ideias em Movimento (www.cariricult.blogspot.com), que agrega artistas de todas as artes, em especial a literatura. (a partir de 2006); É selecionado pelo edital BNB de Cultura, edição 2008, com o projeto de mini-curso de apreciação de Arte “O Protesto na Música Popular Brasileira (de 1964 em diante), de sua autoria, ministrado no CCBNB-Cariri (2009) e em Potengi (2010); Como Assessor de Cultura e Comunicação da URCA, elaborou o projeto PALCO SONORO URCA/BNB – aprovado, que recebeu patrocínio do BNB e URCA – e que envolveu cerca de 100 artistas (música, teatro, dança, poesia) que se apresentaram durante a ExpoCrato2010 (julho/2010).

Luiz Carlos Salatiel, Crato-CE.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!