quarta-feira, 10 de novembro de 2021

Peça do Programa Ecocidadão, O Presente de Cecília, está em temporada no Cariri

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 10 de novembro de 2021

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Via Assessoria de Imprensa da Marquise Ambiental

Depois de quase dois anos isolados em função da pandemia, chegou o decreto do Governo do Estado do Ceará que libera as aulas presenciais. Para tornar esse momento ainda mais marcante, a peça do Programa Ecocidadão, O Presente de Cecília, irá cumprir uma temporada com 20 apresentações, percorrendo 10 cidades cearenses na Região Metropolitana, serra, praia e sertão.

A peça já passou por Caucaia e Maranguape, Juazeiro do Norte e Crato. Amanhã, dia 11, o espetáculo segue para Nova Olinda, em duas apresentações na Escola Avelino Feitosa. No decorrer do mês, a agenda chega às cidades de Pacoti e Sobral. Cada cidade terá duas apresentações, promovidas de forma totalmente gratuitas.

O espetáculo “Presente de Cecília” conta, de forma metafórica, a história de Marquinhos - uma criança que vem do futuro para explicar para a pequena Cecília, no presente, sobre a necessidade de cuidar do meio ambiente e garantir uma vida sustentável para as próximas gerações.  O trabalho foi produzido pela House Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo e Governo Federal e é promovida pelo Programa Ecocidadão, da Marquise Ambiental, com patrocínio do Governo do Estado e Vapt Vupt.

“O Programa já possui mais de 20 anos e tem como objetivo não apenas transmitir noções de educação ambiental para crianças, mas, acima de tudo, envolvê-las emocionalmente com a causa, incentivando a criação de novos hábitos nas mesmas”, lembra Vini Fernandes, gerente de marketing do Grupo Marquise.

O público-alvo do programa são os jovens e crianças. Eles aprendem com peças teatrais, jogos interativos, atividades lúdicas, cartilha e jogo de tabuleiro gigante a descartarem os resíduos de forma correta. Além disso, foi desenvolvido o game Academia de Ecocidadãos, em que pessoas de todas as idades poderão colocar em prática seus conhecimentos sobre sustentabilidade, aprender sobre cuidados com o meio ambiente e fazer a diferença.

Tudo será feito totalmente dentro dos protocolos do decreto vigente na data do espetáculo. Para contemplar as crianças de ambos os turnos e evitar aglomerações, a peça será apresentada em dois turnos em cada unidade educacional, para crianças já alfabetizadas até 13 anos. Além disso, as apresentações serão em quadras abertas, com capacidade para no máximo 400 pessoas e com plateia sentada e mantendo o distanciamento social. Será exigido ainda o uso de máscaras e álcool em gel.

Outro diferencial dos espetáculos é a realização de momentos educativos com professores sobre a importância do ensino da Língua Brasileira de Sinais. Com o tema "Ensino Bilíngue de Libras", a palestra aborda a sensibilização de todo o corpo docente e discente e estratégias didáticas para a inclusão do aluno surdo, dentre outros. “Nosso objetivo é, em especial, pontuar o quanto a Libras é visual. Como forma de tornar ainda mais dinâmico, mostramos o papel do personagem jardineiro na construção inclusiva do espetáculo, deixando clara a importância da expressão facial e corporal no processo de ensino-aprendizagem. Libras é uma mensagem de amor e respeito ao próximo”, explica Nilton Câmara, professor e Intérprete de Libras. O espetáculo infantil bilíngue "O Presente de Cecília" é o primeiro no Brasil a ter um ator-intérprete em cena.

“A Marquise Ambiental acredita na arte como meio transformador para a educação e, justamente por isso, incluímos a circulação dessa peça por cidades onde não atuamos. Quanto mais pessoas receberem mensagem e colocarem em prática, o planeta agradece”, explica Hugo Nery, diretor-presidente da Marquise Ambiental.

Na primeira temporada, realizada em 2019, a peça visitou oito cidades do País como: Fortaleza, Osasco, Taubaté, São Gonçalo, Manaus, Porto Velho, João Pessoa e Natal, alcançado quase 25 mil jovens e crianças. Nessa nova temporada, algo em torno de 8 mil crianças, dessas 10 cidades, assistirão ao espetáculo

“Estamos felizes com mais essa temporada de O Presente de Cecília. Acreditamos no poder transformador e na educação pela arte e, em especial esse trabalho, tem muita capilaridade e consegue chegar a cidades que têm poucos equipamentos culturais, alcançando jovens com pouca experiência com atividades teatrais. É, de fato, muito gratificante”, finaliza Guga Wanderley, diretor da House Cultura.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!