sexta-feira, 10 de setembro de 2021

Poesia FARELO Por Germá Martins – SETEMBRO AMARELO | TARRAFAS-CE

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 10 de setembro de 2021

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__ @germarmartins

Por Germá Martins – Escritor e Poeta. Ocupa a Cadeira 26 da Academia de Letras do Brasil/Seccional Regional Araripe-CE

O ouro que banha o sol

No setembro amarelo

Banha também o peito

Deu um coração tão belo

Para molhar a tristeza

 E tirar toda incerteza

De um mundo paralelo

 

E neste momento sublime

Convido-o para meu lado

Para escutar baixinho

Um pouco do seu passado

Dando-lhe muita atenção

Sem dar chance a depressão

E curar o machucado

 

E só assim você fica

Para juntar todo farelo

Dos medos que tens sofrido

De um momento singelo

Para voltar a sorrir

E Sentir o colorir

De um lindo caramelo

 

E no semáforo da vida

Teremos um grande duelo

De não subir para o vermelho

Mesmo estando amarelo

Pondo fim a solidão

E nas ruínas do teu chão

Construir novo castelo

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!