sábado, 20 de fevereiro de 2021

O jovem nova-olindense, Vandbergue Santos Pereira, conclui Doutorado em Microbiologia Médica pela UFC | EDUCAÇÃO

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 20 de fevereiro de 2021

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Dr. Vandbergue Santos Pereira é filho do casal de empresários nova-olindenses, Ana Cleide da Silva Santos e Valdemar Pereira Damasceno. Na sexta-feira (19) defendeu sua tese de conclusão do Doutorado durante 5 horas numa apresentação virtual via App Google Meet.

“Ter conquistado o título de doutor é um marco na minha vida pessoal e mais um passo para minha vida profissional. Em meio a tantas limitações e ataques que a ciência e educação passam no nosso país, finalizar um doutorado com publicações em revistas internacionais e de posse de uma patente, me deixa muito orgulhoso”, destacou Dr. Vandbergue Santos Pereira.

Estudante por natureza, começou seus estudos em nível superior no curso de Biomedicina na Faculdade Leão Sampaio em Juazeiro do Norte, em 2012. No ano de 2017 concluiu o Mestrado em Microbiologia Médica pela Universidade Federal do Ceará-UFC. Em 2019 concluiu mais uma graduação em Farmácia pela Faculdade Maurício de Nassau-Uninassau.

“Essa conquista é a comprovação de que com estudo e dedicação tudo é possível. É perceber que a educação pode mudar vidas e levar um jovem vindo de uma cidade do interior, a conquistar o mais alto título educacional do país”, ressaltou Dr. Vandbergue Santos Pereira.

Este ano o mesmo conquistou o Doutorado em Microbiologia Médica pela Universidade Federal do Ceará-UFC após ter sua tese –“Efeito de moléculas de quorum sensing exógenas e terpinen-4-ol sobre células planctônicas e biofilmes de Sporothrix spp. e desenvolvimento de plugin para análise de biofilmes fúngicos” – aprovada pela banca examinadora composta por cinco professores doutores.

Compunham a banca examinadora os professores(as) doutores(as) Raimunda Sâmia Nogueira Brilhante (Universidade Federal do Ceará), orientadora, Raquel Oliveira dos Santos Fontenelle (Universidade Estadual Vale do Acaraú), Terezinha do Menino Jesus Silva Leitão (Universidade Federal do Ceará), Reginaldo Gonçalves de Lima Neto (Universidade Federal de Pernambuco) e Anderson Messias Rodrigues (Universidade Federal de São Paulo). Vandbergue Santos Pereira expôs oralmente a tese, em seguida os membros da banca procederam à arguição, e a sessão foi finalizada com a APROVAÇÃO, por parte da banca examinadora, do trabalho sem ressalvas.

“Estou muito feliz por mais uma conquista e animado com o que o futuro me reserva. Sigo sempre grato por todos que participaram dessa trajetória e torceram por meu sucesso. De fato, essa é uma conquista partilhada com todos que me apoiaram”, disse Dr. Vandbergue Santos Pereira.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!