segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Dezembro verde e a conscientização sobre o abandono de animais | CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 07 de dezembro de 2020

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__

Por Katharyne Bezerra - Via site Estudo Prático

Ativistas da causa animal criaram o Dezembro Verde para conscientizar as pessoas sobre o abandono de animais no Brasil

O que significa Dezembro Verde?

Essa campanha foi criada pelo protetor animal Alex Paiva, de Sobral, no Ceará. Além do objetivo principal da campanha, que é a luta contra o abandono, outros tópicos também são ressaltados. Por isso, os ativistas trabalham temas como a conscientização das leis e do crime que ocorre no abandono. Outros pontos destacados nesse período são as consequências do desamparo, como questões de saúde e segurança pública. Para alcançar esses objetivos, os envolvidos na campanha realizam palestras e debates.

Também é comum a troca de imagens nos perfis das redes sociais, como Whatsapp, Instagram e Facebook. Além disso, há uma luta por parte dos protetores por maiores e mais efetivas políticas públicas para os animais.

Infelizmente alguns animais já nascem sem donos. Entretanto, alguns são abandonados por pessoas que adotaram ou compraram. Mas o que poucas pessoas sabem é que o abandono de animal é considerado um crime no Brasil. 

O que caracteriza abandono de animais?

Antes de saber qual lei defende os animais, você precisa entender o que caracteriza o abandono. De acordo com a advogada Mônica Souza, essa situação é marcada pelo desamparo ao animal, deixando-o à própria sorte. Mas não só o abandono é considerado crime. Na legislação brasileira, outras práticas são consideradas maus tratos e podem ser cabíveis de pena, como praticar abuso ou crueldade em qualquer animal.

Também é considerado crime manter animais em lugares anti-higiênicos ou que lhes impeçam a respiração, o movimento ou o descanso, ou os privem de ar ou luz. Outros exemplos são: deixar o animal sem água ou sem comida; abandonar animal doente, ferido, extenuado ou mutilado ou deixar de ministrar-lhe tudo o que humanitariamente se lhe possa prover, inclusive assistência veterinária.

“As principais causas de abandono de animais estão relacionadas à mudança de casas, ninhadas inesperadas, fatores econômicos, perda de interesse pelo animal, comportamento problemático do animal, alergia de algum membro da família, nascimento de um filho, internação ou morte do tutor, férias.”

Apesar disso, nenhuma das justificativas são levadas em consideração a ponto do tutor não ser responsabilizado pelo abandono. Por essa razão, é importante que a sociedade civil denuncie esses casos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!