domingo, 21 de junho de 2020

O grupo Zap & Poesia pariu seu primeiro filho: o primeiro LIVREL do mundo!

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 21 de junho de 2020
Com Informações de Indra Dias – poetisa com publicação no Livrel
Explicando melhor para vocês: - Afinal, o que é esse tal de Livrel? LIVREL  - nem livro nem cordel e ao mesmo tempo os dois. Sobre o mote "Sempre choro de saudade/Na noite de São João", 20 poetas nordestinos participaram da 1ª Mesa Virtual de Glosas do Zap & Poesia que resultou num trabalho fabuloso!
“No livrel você encontra reunidas as melhores estrofes apresentadas, misturando a beleza da nossa cultura, as nossas memórias, a um grito de socorro pelo resgate das nossas tradições, com toda a sensibilidade poética”, destacou a poetisa Indra Dias.
Para adquirir, basta procurar qualquer um dos autores do Livrel. No valor de R$ 10,00 você adquire esta obra, contribuindo na realização de uma ação solidária, e ainda dará apoio à perpetuação da Cultura Popular Nordestina.

7 comentários:

  1. Excelente iniciativa! A nossa cultura precisa ser tratada com muito carinho e respeito. Vendo que pessoas jovens estão trabalhando na valorização cultural doedo sertão nordestino ficamos com a certeza que as gerações que virão terão acesso a tudo isso. Parabéns a todos.

    ResponderExcluir
  2. Informar que aqui na região do Crajubar os interessados podem procurar o Poeta Lucivânio Corrêia.
    Através do Whatsapp 88988086066 ou no email: xbojp.ufc@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Indra quando estiver pronto também quero comprar!

    ResponderExcluir
  4. Já está disponível para venda. É só entra em contato com um dos autores!

    ResponderExcluir
  5. Há 100 anos, Leónidas, filho do Capitão Timotheo, reunia no final do dia lavradores e familiares no alpendre da fazenda Juazeiro, para ler cordéis. Histórias como a do Imperador Carlos Magno, Imperador de França mexiam com a imaginação daquela gente simples. Alguns se arriscavam ao improviso com seus cantos e repentistas.
    Agora vemos com prazer, este belo movimento protagonizado por jovens como Indra Timoteo, numa tentativa de preservar essa cultura tão nordestina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que orgulho de ser bisneta do capitão e fazer parte dessa família cheia de talentos, como vocês primo Cicero e prima Indra

      Excluir

LUCÉLIA MUNIZ FRANÇA
Blogueira, Professora e Microempresária. Membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, Cadeira nº 35 que tem como Patrona a Professora e Artesã - Maria Constância da França Muniz. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri-URCA com habilitação em Matemática. Especialista em Matemática e Física pela Faculdade de Juazeiro do Norte-FJN.