domingo, 31 de maio de 2020

Poesia “Eu vi o mundo parar” Por Ana Paula Belisario Cordeiro

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 31 de maio de 2020
Por Ana Paula Belisario Cordeiro - Professora
Eu vi o mundo parar,
Na mesma hora que uns corria
Era tanta euforia
Uns para lá outros para cá.
Mas eu vi o mundo parar.

Vi escolas serem trancadas,
Igrejas sendo obrigadas,
os seus fiéis dispensar,
Comércio, bares, lugares de aglomeração
Todos sendo esvaziado por uma única razão,
Sem fazer nem uma questão: Eu vi o mundo parar.

Olhar à televisão, é um noticiário só,
Vivemos dias de aflição,
Senhor de nós tenha dó.
Em casa temos que ficar,
e se chegar um amigo querido
a mão não pode apertar!
Que será que bicho é esse!
que deixou todo um mundo assim?
Eu fico pensando comigo
estamos chegando ao fim?

Eu vi o mundo parar,
Para um inimigo invisível
Pessoas se desesperar
ao entender o perigo
que será esse bicho é
esse que amedrontou à população?
Vivemos dias de risco e auto avaliação:
Para Deus somos todos iguais
Oremos por nossa nação!

0 comentários:

Postar um comentário

LUCÉLIA MUNIZ FRANÇA
Blogueira, Professora e Microempresária. Membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, Cadeira nº 35 que tem como Patrona a Professora e Artesã - Maria Constância da França Muniz. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri-URCA com habilitação em Matemática. Especialista em Matemática e Física pela Faculdade de Juazeiro do Norte-FJN.