quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Interior do Ceará registra paralisação de grupos de PMs e viaturas com pneus vazios

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 19 de fevereiro de 2020
Com informações do Diário do Nordeste
Viaturas da Polícia Militar de pelo menos sete municípios do interior do Ceará amanheceram nesta quarta-feira (19) paradas, com os pneus esvaziados. As ações contra a segurança pública como paralisações e atos em Batalhões promovidas por PMs são registradas nos municípios de Barbalha, Canindé, Crato, Iguatu, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, afirmou que 261 policiais militares serão investigados por crimes militares no Ceará relacionados a paralisações e danos a viaturas da corporação. As mulheres participantes dos atos também serão investigadas. Segundo Costa existem "grupos da Polícia Militar que têm praticado crimes militares e atos de vandalismo", disse em coletiva na manhã desta quarta-feira (19).
"Para essas pessoas, vamos agir com todo o rigor", acrescentou. Ainda de acordo com ele, os PMs irão responder por motim, revolta, insubordinação e devem ficar sem seus salários.

Paralisação na Região do Cariri
E em Juazeiro do Norte, cerca de 20 viaturas estão paradas em frente ao Vapt-Vupt, no Centro do município. Um carro utilizado por policiais da Polícia Rodoviária Estadual do Ceará (PRE-CE) também teve os pneus furados pelos manifestantes. 

Na 5ª Cia do 2° Batalhão do Crato, 16 agentes de segurança estão sem trabalhar. Quatro viaturas estão paradas, sendo que três circulam por dia. Um dos policiais, que pediu pra não se identificar, disse que se surgir alguma ocorrência mais grave, os policiais vão atuar. Porém, até o início da tarde desta quarta, não foi registrado nada grave. O mesmo cenário é observado em Barbalha com viaturas estacionadas com pneus esvaziados.  

Segue logo abaixo vídeo feito por moradores do município de Nova Olinda, registro da tarde de hoje, onde policiais encapuzados teriam pedido para fecharem o comércio e também teriam levado a viatura desta localidade.
Ainda na tarde desta quarta-feira, o Governador Camilo Santana se pronunciou sobre a situação. Segue o vídeo como o pronunciamento do governador.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!