quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

ALB/Araripe empossa dois acadêmicos de Araripe – Lúcia Nunes e José Roberto de Morais

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 27 de fevereiro de 2019
No sábado (23) foi realizado na escola de música do município de Araripe-CE a posse individual dos acadêmicos – Lúcia Nunes e José Roberto – na Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE. 
Dentre as autoridades que se fizeram presentes no evento, o Dr. Luiz Aldir Garcia, Presidente da Academia de Letras do Estado do Ceará, o Senhor Rafael Braga, Presidente da Associação dos Poetas de Araripe-CE e o Dr. Adriano Sousa, Presidente da ALB/Araripe-CE.
A acadêmica Lúcia Nunes tem como Patrono o Senhor Umbelino Nunes de Alencar (seu pai) e o acadêmico José Roberto tem por Patrono, o sapateiro Antônio Paulino de Lima. Para dá a posse individual aos acadêmicos é exigido a apresentação de uma pesquisa biográfica do patrono da cadeira que os mesmos ocupam.
José Roberto de Morais Silva, Cadeira 22, representante do município de Araripe-CE destacou na apresentação de seu Patrono, sua atuação em duas ocupações. Enquanto agricultou trabalhava na roça, plantando grãos como feijão e milho. Já seu ofício na sapataria, o tornou mestre sapateiro.
“Em seu pequeno estabelecimento, Antônio Paulino fazia um trabalho artesanal passando por todas as etapas da produção de sapatos: desde o desenho da soleira até a costura que culminava seu trabalho. Era o único sapateiro, outros surgiram depois”, destacou José Roberto.
Ao ser empossado na Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, o acadêmico José Roberto disse em seu discurso de posse: “Ao ser empossado nessa cadeira, visualizo a possibilidade de continuar desenvolvendo e incentivando a cultura literária. Atualmente com dois livros publicados (50 Sonetos, 2016; Reforma agrária e o boi zebu e as formigas: uma análise sociológica, 2017) e oito folhetos editados, encontro na ALB o ambiente propício para aprimorar as produções litero-culturais”.
Lúcia Nunes por sua vez também apresentou a pesquisa sobre seu pai e patrono, o Senhor Umbelino que era filho de ex-vereador e acabou ingressando também na vida política. Foi comerciante, agricultor e funcionário público. Dada sua recente morte, cerca de 03 meses apenas, a acadêmica se encheu de emoção bem como muitos familiares presentes não conseguiram conter o choro.
Em seu discurso de posse, Lúcia, destacou que estava realizando naquele dia mais um de seus sonhos, pois se considera uma pessoa sonhadora. “Fazer parte da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE é de grande importância embora de muita responsabilidade, pois tomo assento na Cadeira 07, cujo Patrono é o Senhor Umbelino Nunes de Alencar pessoa esta que não encontro adjetivos para este grande homem: “meu pai”, “meu herói”, meu tudo, minha vida”, disse.
A Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE dará continuidade ao longo desde ano aos eventos de posse individual de seus acadêmicos, conforme agenda preestabelecida. Um trabalho de valorização da nossa cultura e da nossa gente!

0 comentários:

Postar um comentário

LUCÉLIA MUNIZ FRANÇA
Blogueira, Professora e Microempresária. Membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, Cadeira nº 35 que tem como Patrona a Professora e Artesã - Maria Constância da França Muniz. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri-URCA com habilitação em Matemática. Especialista em Matemática e Física pela Faculdade de Juazeiro do Norte-FJN.