domingo, 30 de setembro de 2018

Manifestações ecoam Brasil a fora! Mulheres vão às ruas dizer ELE NÃO!

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 30 de setembro de 2018
Este sábado (29) foi marcado por várias mobilizações realizadas em muitas localidades do Brasil e até mesmo em outros países. O movimento que ganhou força com a adesão das mulheres num só grito: ELE NÃO! Em Nova Olinda também foi realizada uma mobilização que ganhou as principais ruas da cidade nesta data histórica.
Nunca antes, em véspera das eleições, um candidato a presidência foi alvo de tantas mobilizações contra sua candidatura. Vários segmentos sociais deram as mãos: mulheres, LGBTs, negros, homens e até mesmo crianças, famílias que se juntaram ao manifesto.
Sou mulher, sou nordestina, sou negra! Quantas vezes, eu estaria excluída da política proposta pelo candidato à presidência, Jair Bolsonaro? Eis uma breve reflexão visto que estamos às vésperas de registrar um dos instrumentos de cidadania mais importantes: o VOTO!
Em Nova Olinda, professores, ativistas, estudantes, universitários, lideranças políticas, representantes sindicais, demais profissionais de diversas áreas também endossaram o ELE NÃO! O candidato Jair Bolsonaro não poupa em suas declarações, seja de cunho machista, racista e homofóbico, por exemplo. A justificativa das fake news ganham as redes sociais nos discursos de seus eleitores. Aproveito para lembrar da transmissão ao vivo em rede nacional durante a votação do impeachment da ex-presidente Dilma: "Pela família e inocência das crianças que o PT nunca respeitou, contra o comunismo, o Foro de São Paulo e em memória do coronel Brilhante Ustra, o meu voto é sim", proclamou Bolsonaro na ocasião. Não seria esta fala uma “apologia ao crime de tortura”?
E o tal do “kit gay” que nunca chegou às escolas, nunca foi material didático. Não aguento mais nem ouvir falar sobre... tenho 17 anos de profissão e desconheço tal material. Aos defensores assíduos de que este kit existe convido a visitarem a instituição de ensino onde trabalho para me mostrarem em nossa biblioteca onde tal kit se encontra. Paciência, né? Fora outro amontoado de questões que não quero perder meu tempo citando aqui porque não caberia numa matéria.
Sobre misturar religião com política considero isto outro equívoco. Sou filiada ao PT de Nova Olinda, mas nem por isso voto em candidatos apenas por serem do partido. Precisamos de propostas e isso move a escolha de quem voto! Proposta de políticas públicas voltadas para as minorias e pessoas menos assistidas. Sou católica, mas um de meus candidatos a senador é um Pastor evangélico e não é do PT, olha só. Voto nele por suas propostas e pelo trabalho social que desenvolve. Discurso de ódio não tem vez e nem peso nas minhas escolhas!
Cearense de Crato em mobilização em Bruxelas na Bélgica
O Brasil é um Estado laico! Jesus Cristo dividiu épocas. O seu propósito através de sua vida, ensinos e milagres sempre foi revelar a verdadeira vontade de Deus da forma correta, sem parcialidade, religiosidades, ou fundamentos humanos.” Este é o meu MITO: Jesus Cristo!
Confira logo abaixo o depoimento do jovem novo-olindense, ativistas dos direitos humanos do Coletivo Kizomba, Alan Cordeiro:
“Hoje foi um dia maravilhoso, histórico e que representou luta no município de Nova Olinda-CE, a luta das feministas, dos negros e negras, LGBTs, trabalhadorxs; a luta dos que não querem fascismo, tortura, morte, ódio, racismo, homofobia, discriminação e preconceito. Juntxs e de cabeça erguida nas ruas de Nova Olinda porque um candidato à presidência do país, com um discurso fundado no ódio, na intolerância, no autoritarismo e no atraso, fere a nossa existência e é por isso que resistimos e ecoamos #ELENÃO bem alto para todxs ouvirem, inclusive para a burguesia da cidade que não se importa conosco e nem com nossas vidas. Estamos na rua porque o programa político e econômico desse "coiso" é um retrocesso, uma reprodução piorada das políticas terríveis do Temer. Não era uma parada gay, mas tinha LGBT porque defendemos que as pessoas sejam livres para amar e serem respeitadas por isso. Defendemos o debate de ideias e a democracia. Não queremos ditadura ou fascismo nem a ampliação da matança policial-militar nas ruas responsável pelo genocídio da juventude negra. Queremos liberdade, igualdade, justiça social e direitos! Bolsonaro é tudo que o Brasil não precisa para superar a crise e avançar.” [postado nas redes sociais] Sobre a mobilização de Nova Olinda.

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)