segunda-feira, 10 de abril de 2017

Filme - Deixe-me Viver de Luiz Sérgio

Data do lançamento 13 de outubro de 2016 (1h 43min)
Direção: Clóvis Vieira
Gênero Drama
Nacionalidade Brasil
Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse
Luiz Sérgio (Bernardo Dugin) é um jovem espírita que foi chamado para uma grande obra. Ele é convocado para escrever vários livros ligados ao espiritismo, sendo um deles o Deixe-me Viver. Para escrevê-lo, Luiz embarcou em uma jornada a fim de resgatar espíritos que se encontram nos umbrais, locais em que alguns espíritos vão para pagar pelos pecados cometidos. Nessa missão, ele vai se deparar com vários casos de abandono e rejeição, e tentará fortalecer laços familiares.

O filme Deixe-me viver relata de forma clara e objetiva o tormento que passa um abortado e as consequências desastrosas para os que praticam o aborto, seja na qualidade de pacientes, indutores, executantes e/ou equipes participantes deste ato.

O livro que originou o filme foi ditado pelo espírito Luiz Sérgio, psicografado pela médium Irene Pacheco Machado, com o objetivo espiritual de amenizar a violência do aborto contra os espíritos que precisam de um corpo carnal. 

Quem é o espírito Luiz Sérgio? 
Luiz Sérgio, que residiu em Brasília, é um jovem feliz e carismático. Estudante de engenharia, desencarnou aos 23 anos, no ano de 1973, em decorrência de um acidente de automóvel. 

Pouco tempo após a sua desencarnação, começa a comunicar-se pela mediunidade de sua prima Alayde de Assunção e Silva, a fim de narrar as suas primeiras experiências extracorpóreas aos seus familiares, a quais resultaram nos seus três primeiros livros: O Mundo Que Eu Encontrei (76), Novas Mensagens (78) e Intercambio (81).

Após estes primeiros livros, o espírito Luiz Sérgio recebeu a oportunidade de relatar suas experiências no plano espiritual, que são encontradas em outros livros como: 
Na Esperança de uma Nova Vida;
Mãos Estendidas;
Deixe-me viver, entre outros, psicografados pela médium Irene Pacheco Machado. 

Trailer

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)