quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Resultado ENEM 2016 e abertura de consulta pública

Alunos comemoram resultado do ENEM 2016... com as notas em mãos já podem se inscrever para as instituições de ensino e ingressar no Ensino Superior

O resultado do ENEM 2016 foi divulgado na quarta-feira (18) um dia antes do que foi originalmente programado. As provas do ENEM 2016 foram aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro de 2016 e contabilizaram aproximadamente 8,6 milhões de inscritos. Devido a ocupações de escolas em todo o país, 270 mil candidatos tiveram suas provas adiadas para os dias 3 e 4 de dezembro. A taxa de abstenção foi de 30%.

A consulta do resultado pode ser feita pelo aluno no site do Inep.
Os resultados divulgados se referem às notas individuais dos alunos no ENEM 2016. O resultado do Exame de 2016 por escola geralmente é divulgado no segundo semestre.

Quanto ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

As médias obtidas no exame serão usadas pelos alunos para tentar uma vaga no Ensino Superior pelo Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Além disso, as notas do ENEM podem ser usadas para inscrição em programas de financiamento como o ProUni e o Fies.

Neste ano, o Sisu contará com algumas mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC). A principal delas é que o uso das notas do ENEM 2016 pelas instituições públicas de Ensino Superior será mais flexível. Isso porque as instituições terão mais liberdade para determinar pesos e notas mínimas na prova do ENEM.

Se antes as instituições podiam determinar uma nota mínima para cada área do conhecimento, agora elas também podem indicar uma média mínima referente a todas as provas. Essa mudança beneficia principalmente alunos que não conseguiram uma média adequada em determinada área do conhecimento, mas que apresentaram um bom desempenho geral no ENEM.

Como a nota do ENEM é calculada?

A nota do ENEM é calculada de acordo com a Teoria de Resposta ao Item (TRI). Diferente da Teoria Clássica, o resultado não é diretamente proporcional ao número de acertos na prova. Ao invés disso, a correção leva em consideração a coerência das suas respostas.
Isso significa que um aluno que acertou questões fáceis e errou questões difíceis de um assunto segue um comportamento esperado, mas um aluno que errou questões fáceis e acertou questões difíceis provavelmente chutou algumas respostas. Sendo assim a correção TRI favorece a nota do primeiro aluno, enquanto o segundo vai obter uma nota no ENEM mais baixa, devido à falta de coerência em suas respostas.

Alguns alunos já comemoram o resultado do ENEM 2016 e podem pleitear uma vaga no Ensino Superior. O novolindense Raimundo Junior que tirou nota 920 na redação deixou a seguinte mensagem em rede social: “Obrigado Senhor Jesus!!!! Não tem como expressar tamanha felicidade... Primeiramente gostaria de agradecer a todos aqueles que acreditaram em mim, aos professores, minha família e aos meus amigos... Muito obrigado a todos.....”
O Governador Camilo Santana também se manifestou em rede social com a publicação a seguir: “Através do jovem estudante Helário Neto, de 17 anos, que cursou o ensino médio na nossa escola profissionalizante Antonio Rodrigues de Oliveira, em Pedra Branca, parabenizo a todos os estudantes cearenses que obtiveram êxito no Enem, cujo resultado foi divulgado hoje. Nosso aluno, que recentemente participou da festa de formatura, foi um dos 77 candidatos do Brasil inteiro que conseguiram nota máxima em redação (1.000 pontos). Aproveito para parabenizar aos professores, tão importantes nesse processo, assim como a família, fundamental para as grandes conquistas da vida. #OrgulhodaNossaEducação

Desde já quero parabenizar os alunos que prestaram o ENEM 2016 e desejar uma caminhada de sucesso e realizações!

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)