sábado, 29 de agosto de 2015

Aluno Perfeito – Você quer tê-los na sua sala de aula?

Você tem o aluno perfeito na sua sala de aula? Saberia enumerar quais são as características que tornam um aluno perfeito?
Ter o aluno perfeito é o sonho de todo Professor. Ensinar é um trabalho difícil, porém a recompensa final é saber que você tem a oportunidade de impactar a vida de um jovem.  No entanto, nem todos os alunos são iguais, e isso é uma coisa boa. Afinal, se todos os alunos fossem iguais, ensinar seria uma tarefa chata. Alguns alunos, no entanto, são simplesmente mais difíceis do que outros e isso traz uma certa diversidade para a sala de aula.
 A maioria dos professores irá responder que eles não têm alunos favoritos, mas a verdade é que há alunos que possuem certas características que os tornam o aluno perfeito. É difícil não apreciar esses alunos, já que eles tornam o trabalho do professor uma tarefa muito mais fácil e prazerosa.
Aqui vão algumas características que tornam um aluno perfeito, e que irão ajudar-lhe a detectar e a emular estas características nos demais alunos.

O aluno perfeito: FAZ PERGUNTAS
Os professores querem que os alunos façam perguntas quando não compreendem um conceito que está sendo ensinado.  Quando as perguntas são feitas o professor sabe o que não foi compreendido. No entanto se as perguntas não forem feitas o professor assume que todos compreenderam aquele conceito. Os bons alunos não têm medo de fazer perguntas, afinal eles temem serem prejudicados nas notas por falta de compreensão do que foi ensinado. O aluno perfeito sempre está preocupado em ampliar os seus conhecimentos, em aprender mais, por esta razão as suas perguntas são sempre instigantes o que por vezes gera controvérsia e debate.  Outro dado marcante é que quando o aluno perfeito faz perguntas, é benéfico para a classe como um todo, já que outros alunos podem ter as mesmas dúvidas porém sentem-se envergonhados de se expressar e verbalizar as suas dúvidas.

O aluno perfeito:  É DEDICADO
O aluno perfeito não é necessariamente o aluno mais inteligente da classe.
Este é um fato crucial. Há uma abundância de alunos que são abençoados com uma inteligência natural, mas falta-lhes a autodisciplina para aprimorar a inteligência. Os professores admiram os alunos que optam por trabalhar duro, não importa o seu nível de inteligência. Os alunos que trabalham mais duro acabarão por serem os mais bem sucedidos na vida. Aprender a trabalhar duro desde o início vai valer a pena. Ser dedicado na escola significa simplesmente completar tarefas no tempo estipulado, colocando o seu esforço máximo em cada tarefa, pedir ajuda extra quando você precisar, dedicar o tempo necessário para estudar para as provas, bem como reconhecer os pontos fracos e procurar maneiras para melhorar em cima dessas fraquezas.

O aluno perfeito é PARTICIPATIVO
Estar envolvido em atividades extracurriculares faz com que os alunos a adquiriram confiança que contribuirá para o sucesso acadêmico. A maioria das escolas oferecem uma infinidade de atividades extracurriculares que os alunos podem participar. A maioria dos bons alunos sempre estão envolvidos em alguma atividade fora da sala de aula, tais como: grêmio estudantil, trabalho voluntário, esportes, realizam aulas de música, teatro, dança, etc. Estas atividades proporcionam valiosas oportunidades de aprendizagem que uma sala de aula tradicional simplesmente não pode oferecer. Essas atividades também proporcionam oportunidades para assumir papéis de liderança, favorecendo assim que as pessoas possam trabalhar juntas como uma equipe para realizar um objetivo comum.

O aluno perfeito é um LÍDER
Os professores adoram bons alunos, que são líderes naturais dentro de sua sala de aula.  Cada turma tem sua própria personalidade, e esta é única. Muitas vezes as turmas com bons líderes são as melhores turmas.
Da mesma forma, as classes que não têm liderança entre seus pares podem ser as mais difíceis de lidar. Habilidades de liderança são muitas vezes inatas. Há aqueles que têm e aqueles que não tem. Também é uma habilidade que se desenvolve ao longo do tempo entre os seus pares. Ser confiável é um componente-chave de ser um líder. Se os seus colegas não confiam em você, então você nunca vai ser líder. Se você é um líder entre seus pares, você tem a responsabilidade final de dar o exemplo e o poder final para motivar os outros a serem bem sucedidos.

O aluno perfeito está sempre:  MOTIVADO
A motivação vem de muitos lugares. Os melhores alunos são os que estão motivados para serem bem sucedidos. Da mesma forma os alunos que não têm motivação são os que são mais difíceis de alcançar, estão sempre em apuros e, eventualmente, abandonam a escola. Os alunos que estão motivados para aprender são fáceis de ensinar. Eles querem estar na escola, eles querem aprender, e eles querem ter sucesso. Motivação significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Bons professores têm de descobrir como motivar a maioria dos alunos de alguma forma, mas aqueles alunos que são auto motivados são muito mais fáceis de alcançar do que aqueles que não são.

O aluno perfeito é um   SOLUCIONADOR DE PROBLEMAS
Nenhuma habilidade está faltando mais nesta geração de jovens do que a da capacidade de ser um solucionador de problemas. O mundo de hoje busca e precisa de pessoas que possam contribuir trazendo soluções para os problemas que afligem a sociedade. Então a habilidade de resolver problemas é uma habilidade importante que as escolas terão de trabalhar extensivamente nos alunos. Os alunos que possuem verdadeiras habilidades para resolver problemas são poucos e distantes entre si nesta geração, em grande parte por causa da acessibilidade que eles têm à informação. No simples clique de um mouse, os alunos de hoje podem acessar mais informações do que nunca, tornando assim habilidades para resolver problemas praticamente obsoleta. Os alunos que possuem verdadeiras habilidades de resolução de problemas são joias raras que os professores amam. Eles podem ser usados como um recurso para ajudar a desenvolver outros estudantes a se tornarem também solucionadores de problemas. Afinal não querermos que os nossos jovens sejam parte da problemática e sim, como dizem no popular, da “solucionática”.

O aluno perfeito VALORIZA AS OPORTUNIDADES
Quando eu era adolescente o único curso gratuito disponível era o curso de Magistério. Se você desejasse cursar uma Universidade deveria fazê-lo por sua conta, trabalhar duro e fazer muitos sacrifícios para honrar o pagamento das mensalidades, que era muito cara. Atualmente temos o PRONATEC, o PROUNI, o ensino de Línguas ofertados por secretarias de Educação para os alunos da rede pública, e um sem número de programas e projetos para todos os jovens que desejarem.  O fato   é que, em vários desses cursos e projetos o poder público tem de literalmente “correr atrás” dos jovens para incentivá-los a fazer esses cursos. Um absurdo isso! Alguns desses cursos oferecem ajuda de custo ou Bolsa Auxílio para motivar os jovens a realizá-los. O aluno perfeito está atento a estas oportunidades e as abraça, sabe o valor delas e não mede esforços em aproveitá-las.

O aluno perfeito tem AUTOGOVERNO
Qualquer professor sabe que as aulas rendem mais e o aprendizado flui com maior qualidade quanto o ambiente da sala de aula é de empenho, participação e trabalho. Os alunos perfeitos, tem melhor comportamento e são propensos a aprenderem mais porque são disciplinados no que fazem, tem o autogoverno de suas ações  e isso lhes traz foco e proporciona a sinergia para atingir seus objetivos.
Há muitos alunos inteligentes espalhados pelas salas de aula sem no entanto conseguirem extraírem o melhor do seu potencial, porque são indisciplinados e sempre tomam decisões inconsequentes. Esses alunos também não têm visão de propósito porque não estabeleceram nenhuma. Esses alunos, muitas vezes, são a fonte de frustração dos professores porque eles (os professores) sabem que esses alunos só maximizarão a sua inteligência quando escolherem alterar o comportamento e aprenderem a terem autogoverno de suas ações.
Trabalhar com o aluno perfeito, é sem sombra de dúvida, uma tarefa muito mais fácil, porém desenvolver estas características nos demais alunos é possível e precisa apenas que o professor dedique-se a isto.

O aluno perfeito pode contar com uma REDE DE APOIO
Infelizmente este é um quesito que os alunos muitas vezes não têm controle. Você não pode controlar os seus pais ou responsáveis. Esta rede de apoio familiar é algo importante para o sucesso de uma criança ou jovem, porém também é sabido que mesmo não tendo uma excelente rede de apoio familiar, ainda sim muitos jovens conseguem superar esta adversidade e estabelecer e trilhar novos caminhos, diferentes daqueles impostos pelo meio em que vivem.
Claro que é muito mais fácil superar os obstáculos durante o processo de construção de identidade e maturidade quando podemos contar com um bom sistema de apoio familiar. O aluno perfeito, geralmente pode contar com o apoio familiar, afinal é a família que tem as melhores intenções para os filhos, é ela que os motiva para o sucesso, oferece conselhos, orientações e os direcionam em suas decisões ao longo da vida. Na Escola, a família comparece às reuniões de pais, motiva os filhos a alcançarem boas notas, os acompanham no dever de casa, e geralmente os motiva a sempre oferecerem o seu melhor no que fazem.  A família está lá para apoiá-los tanto nos tempos de adversidades como também, celebra os sucessos dos filhos.  Ter esse sistema de apoio familiar não garantirá o surgimento do aluno perfeito, mas com certeza, contribuirá para o seu desenvolvimento.
E os jovens que não podem contar com uma rede de apoio familiar? Aqueles que vivem em uma família disfuncional e que, na verdade, estão empurrando os filhos para o fracasso? Esses são os jovens em situação de risco, estão vulneráveis ao meio em que vivem. No entanto, mesmo esses jovens podem desenvolver as características do aluno perfeito. Neste caso a rede de apoio familiar que é inexistente, pode ser substituída por Professores comprometidos que agirão como Mentores desses jovens, incentivando-os, celebrando seus sucessos, guiando-os por novos caminhos.  E na sua sala de aula há jovens precisando de uma Rede de Apoio? Que tal formar uma Rede de Apoio com os demais colegas na sua Escola?
Lembre-se que um dos motivos de atitudes indisciplinadas e rebeldes advém do fato de que os jovens, muitas vezes, não se sentem apoiados, acolhidos e amados pela rede de apoio familiar, que neste caso estimula negativamente esses jovens.
Como você constatou, todas estas características podem ser ensinadas, estimuladas e nutridas pelos Professores e desenvolvidas por todos os alunos. Auxiliar um indivíduo a tornar-se uma Pessoa de Valor é algo grandioso e deveria ser o nosso propósito primeiro enquanto Educadores. Pense nisso e em como você pode tornar-se mais atuante para viabilizar a construção desse novo sujeito.

Roseli Brito
Pedagoga - Psicopedagoga - Neuroeducadora e Coach

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)