quinta-feira, 2 de abril de 2015

Viver de aparência

Não adianta querer ser o que não se pode ser e viver, mas ser, simplesmente ser... Não é a aparência que conta... A vida não é um teatro, uma representação, encenação, mas é realidade, pura e às vezes dura realidade, mas realidade...
No mundo podemos enganar a todos, até mesmo e, principalmente, a nós mesmos. No entanto, o que conta mesmo é o interior, a essência, a mais pura verdade, aquela realidade, mas a verdadeira verdade...
Por mais que sejam de fraquezas, limitações os sentimentos que te dominem em alguns instantes da sua vida, não tente viver de aparência, seja verdadeiro, seja você mesmo... Sua autenticidade é quem irá revelar o tamanho do teu caráter.
Não importa o que falem, se falarem... Tão pouco as interpretações dos que se acham no direito de julgar e, que julgando, acabam por viver em um mundo de achismos, mas que não é real...
A consciência é o que vale e, por valer é o que nos sustentará conduzindo-nos, sempre, em direção Aquele e aquilo que é o nosso verdadeiro fim...

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Grande abraço e que este seja mais um dia imensamente abençoado para você que acabou de ler esta mensagem.

Padre Francisco Anchieta, MIC.

2 comentários:

  1. Muito bacana seu blog, estou te seguindo! Que tal fazermos uma parceria entre nossos blogs? Aguardo a resposta. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Não sei como posso ser útil! Mas, estou aberta a uma conversa! Segue abaixo meu e-mail:
    luceliafranca@gmail.com

    ResponderExcluir

LUCÉLIA MUNIZ FRANÇA
Blogueira, Professora e Microempresária. Membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, Cadeira nº 35 que tem como Patrona a Professora e Artesã - Maria Constância da França Muniz. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri-URCA com habilitação em Matemática. Especialista em Matemática e Física pela Faculdade de Juazeiro do Norte-FJN.