domingo, 29 de março de 2015

Mulheres que inspiram – Ana Lúcia de Lemos Nora

A vigésima primeira homenageada da Série Mulheres que inspiram é Ana Lúcia de Lemos Nora.
Ana Lúcia de Lemos Nora (Ana Lemos)
Graduada em Direito;
Poder Judiciário.

ENTREVISTA
Lucélia Muniz - Dentro do contexto atual, na sua opinião, quais as principais conquistas alcançadas pelas mulheres?
Ana Lemos - A liberdade de expressão e de escolha; o amplo acesso a qualquer setor do mercado de trabalho, e leis que as protegem contra a violência familiar.

Lucélia Muniz - E você, qual sua principal conquista enquanto mulher?
Ana Lemos - Minha maior conquista é conseguir conciliar minha carreira com a criação dos meus filhos. É ter uma família unida, saudável e feliz. É poder ter iniciado minha jornada como escritora, contando com o apoio da família e amigos muito especiais.

Lucélia Muniz - Em pleno século XXI, quais situações ainda são enfrentadas pelas mulheres? Seja na questão de gênero, na falta de políticas públicas e/ou no contexto socioeconômico.
Ana Lemos - É inegável que o machismo ainda priva muitas mulheres de percorrer o caminho que escolheram para suas vidas, que o preconceito ainda fecha muitas portas. Atualmente a mulher conseguiu um espaço maior no mercado de trabalho, mas ainda necessita voltar para casa ao final da sua jornada de trabalho e cabe à ela o compromisso de cuidar da casa, dos filhos e da família, ou seja, a tripla jornada é uma sobrecarga da qual a maioria das mulheres ainda não conseguiu se libertar.

Lucélia Muniz - E como a Educação pode ser usada como uma “arma” no combate a estas situações?
Ana Lemos - A educação é a principal forma de fazer com que a nova geração pense de forma diferente, sem os ranços do preconceito e da desvalorização da mulher, que mantenham o que já foi conquistado e lutem por uma vida mais digna e justa de toda mulher, levando em conta sua sagrada condição de dar vidas.

Lucélia Muniz - Deixe-nos uma mensagem neste Dia Internacional da Mulher.
Ana Lemos - Minha mensagem é de paz, igualdade, compreensão e, principalmente, respeito.

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)