segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Quem sou como professor e aprendiz?

Diante da chamada Sociedade da Informação o meu papel enquanto professora passa pela necessidade de estar me adaptando às novas tecnologias e novas metodologias de ensino.
Com isso preciso está buscando novas capacitações e a formação continuada como ponte para adentrar este processo.
Não basta apenas saber usar os recursos tecnológicos, estes têm que modificar minha prática em sala de aula tornando a aprendizagem significativa.
A educação de forma contextualizada nos convida a rever a nossa prática e também repensar recursos tecnológicos não como manuseio de equipamentos, mas como recursos didáticos.
Ser professor hoje é desafiador. A cada geração à medida que a escola evolui, novas metodologias e recursos são disponibilizados e, assim vivemos de constantes mudanças.
Tenho acompanhado esta evolução sempre tentando rever minha prática e os recursos que são disponibilizados. A maneira como a informação e a tecnologia circula de forma rápida, nos deixa diante de uma série de possibilidades que podem ser mais um recurso em prol da aprendizagem. A ideia de ir e vir em busca do novo se faz presente mediante todas as mudanças decorrentes da chamada – Sociedade da Informação.

0 comentários:

Postar um comentário

LUCÉLIA MUNIZ FRANÇA
Blogueira, Professora e Microempresária. Membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, Cadeira nº 35 que tem como Patrona a Professora e Artesã - Maria Constância da França Muniz. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri-URCA com habilitação em Matemática. Especialista em Matemática e Física pela Faculdade de Juazeiro do Norte-FJN.