domingo, 26 de maio de 2013

Teste de Português

Este Teste de Português online envolve cinco tópicos: gramática, ortografia, concordância, regência e vocabulário. Cada um deles apresenta um determinado número de questões, totalizando 40 perguntas com apenas uma resposta correta cada. Além disso, o teste contabilizará o que chamamos de “erros graves”, erros que, teoricamente, não deveriam ser cometidos. Apesar do teste servir como entretenimento, podemos dizer que é uma ferramenta interessante para avaliar o seu português, pois selecionamos os erros mais comuns de português na internet.
Como sabemos, qualquer um pode escrever algo na internet que pode ser lido por várias pessoas, seja usando blogs, fóruns ou redes sociais. Aliás, são nas redes sociais que encontramos constantemente coisas como “concerteza”, “menas” e outros mais. São erros que podemos considerar graves, pois o normal seria errar escrevendo “excessão”, escrever “conserto” no lugar de “concerto” ou errar a regência de um determinado verbo.
O problema desses erros de escrita na internet é que eles geram um ciclo sem fim. Nós brasileiros, infelizmente, não temos o hábito da leitura, então o pouco que lemos vem muitas vezes das redes sociais, onde quem geralmente escreve não se preocupa muito em escrever corretamente, muito menos em seguir a norma culta. Logo, lemos textos errados e, querendo ou não, ficamos mais suscetíveis a escrever errado. Não é à toa que muitos dos brasileiros tem dificuldade em se expressar através da escrita (é lógico que existem outros fatores).
Separe alguns minutos e desafie-se resolvendo esse teste.

Acesse o Teste pelo link:

0 comentários:

Postar um comentário

LUCÉLIA MUNIZ FRANÇA
Blogueira, Professora e Microempresária. Membro da Academia de Letras do Brasil/Seccional Araripe-CE, Cadeira nº 35 que tem como Patrona a Professora e Artesã - Maria Constância da França Muniz. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri-URCA com habilitação em Matemática. Especialista em Matemática e Física pela Faculdade de Juazeiro do Norte-FJN.