terça-feira, 27 de julho de 2010

Visita ao Casarão do Coronel Felinto em Santana do Cariri-CE


Na manhã do dia 24 de julho de 2010, sábado, estive visitando o Casarão do Coronel Felinto.
O Casarão fica localizado em Santana do Cariri-CE acerca de 15 km de Nova Olinda.
Santana do Cariri já é uma cidade centenária, emancipada em 1885, guardando em seu Patrimônio Histórico uma trajetória muito interessante.
A História do Casarão se passa em torno de seu proprietário o Sr. Felinto da Cruz Neves, chamado de Coronel Felinto, uma figura política muito importante: 5 mandatos para Prefeito da cidade, sendo assassinado na Praça que fica em frente ao Casarão durante o seu 6º mandato. Devido a este fato, esta Praça recebeu seu nome.

O mesmo era casado com a Srª. Generosa Amélia da Cruz. Quando casou ela tinha 15 anos e ele 30 anos, sendo esta sobrinha dele. O casal não teve filhos.

- Arquitetura do Casarão:
Paredes bastante espessas com assoalho de madeira (cedro) e alguns móveis antigos em exposição, como a escrivaninha do Coronel.
- Decoração:
Lustres trazidos da França e no Oratório do Casarão um livro em que Dona Generosa dava aulas de catecismo e que teria sido trazido de Roma.

Móveis feitos de cedro e paredes com detalhes decorativos, bem como, um telhado artesanal feito na sala de jantar, onde os capangas do Coronel faziam a vigília para proibir qualquer tipo de invasão pelo telhado.
O Coronelismo foi um Movimento Político símbolo de muito poder aos que ostentavam tal título, tendo na sua forma de Tirania a própria espada como ícone.

As perseguições e os enfrentamentos com uso de armas eram comuns.

- Segurança do Casarão:
Na arquitetura do Casarão se pode ver o grande esquema de segurança que existia dentro de sua própria estrutura.
Em todos os cômodos da casa existem passagens que dão acesso a um quarto onde tem uma escotilha para entrada em um porão.

Era no porão da casa onde toda a família se escondia quando acontecia alguma invasão no Casarão.- Curiosidade:
A Igreja da cidade foi construída pelo Coronel que colocava capangas em sua torre para vigiar o Casarão.

- Política:
Com a morte do Coronel, Dona Generosa, sua esposa, assumiu o cargo de Prefeita da cidade.
Foi até o presente momento a única mulher Prefeita de Santana do Cariri, a primeira mulher prefeita do Estado do Ceará e a segunda em termos de Brasil.
- Doação do Casarão:
Em seu testamento, Dona Generosa, deixou o Casarão para as obras sacerdotais da Igreja local.

Atualmente, a Secretaria de Cultura de Santana do Cariri, disponibiliza este espaço para visitação, onde os visitantes acompanhados por um guia tomam conhecimento dessa história.

Lucélia Muniz.

5 comentários:

  1. Excelente matéria. Muito bem escrita. Por que vc não publica nos outros blogs também?

    ResponderExcluir
  2. Então, vou postar, sim!!!
    Obrigada pelo comentário!!!

    ResponderExcluir
  3. GOSTEI MUITO, É MUITO INTERESSANTE PARA NOSSO CONHECIMENTO.

    ResponderExcluir
  4. a emancipação do município não foi em 1825, mas 1885.

    ResponderExcluir
  5. Grata pela observação Miguel! Já fiz a correção! Um abraço! :)

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)