domingo, 3 de julho de 2022

Artista Visual nova-olindense, Filipe Alves, está na capa da Revista do Centro de Artes da URCA | CRATO-CE

Lucélia Muniz

Ubuntu Notícias, 03 de julho de 2022

@luceliamuniz_09 @ubuntunoticias @agenciaclick__  @filipealvesss_

Através das redes sociais, o Artista Visual nova-olindense, Filipe Alves, expressou sua felicidade em compor a capa da revista número 5 @revistacidadenuvens pertencente ao Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri-URCA. “Agradeço em nome de @anaclaudia_pb e a todos que fazem a revista”, disse Filipe.

SOBRE O TRABALHO

A performance ISO-LAMENTO foi um trabalho desenvolvido durante o período de pandemia do COVID-19, nela o artista ao som de uma sirene de evacuação se isola em espaços urbanos com uma fita zebrada, presente em cenários de isolamento, interdição e crime em todo o mundo, aos poucos Filipe Alves vai cobrindo seu corpo como algo privado, um trânsito que promove diálogos entre a matéria desativada, inacessível, processos de silenciamento e interdição.

A palavra ISO-LAMENTO traz uma junção entre "ISO" (no sentido de velocidade e sensibilidade da luz) e "LAMENTO"(lamentar-se por se isolar). A ideia é que esse trabalho também possa contar com a participação do público, onde as pessoas podem envolver a fita no artista de forma livre, cobrindo o seu corpo, uma representação do quanto à sociedade contribui para as cenas de isolamento.

O trabalho é um convite para que o público possa refletir sobre quais as diferentes formas de isolamento para além de uma pandemia como, por exemplo: o isolamento social, cultural, reverso, térmico, hospitalar, acústico, reprodutivo, geográfico, de contato, vertical e respiratório, pensando através desses elementos como cada um se isola internamente diante de seu protagonismo ou vivencia na sociedade.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário mais seu nome completo e localidade! Sua interação é muito importante!