sábado, 9 de maio de 2020

Poesia QUERIDA MÃE de autoria do Escritor Germá Martins | TARRAFAS-CE

Lucélia Muniz
Ubuntu Notícias, 09 de maio de 2020
Por Germá Martins
Mãe! 
São três letrinhas, apenas,
Bordada em um papel
De uma grandeza profunda
Tamanho do nosso céu,
Tens a luz em seu olhar,
Tens o dom de nos amar,
És a doçura do mel.

Mãe! 
Neste solo muito quente
Do nosso sertão nordestino
Com força e muita coragem
Em um ato bem divino,
Tu ensinaste com amor
Pela luz do criador
A trilhar nosso destino.

Mãe! 
Neste domingo especial,
Embora bem diferente
Não podemos te abraçar
Sentir seu coração quente
Por causa da pandemia
Atacando noite e dia
Mudando a vida da gente.

Mãe! 
Todo dia é o seu dia,
Mas hoje é especial,
O coração me aperta
Com a distância social,
Mas receba todo carinho
Os versos do seu filhinho
Neste momento crucial.

Portanto, 
Em todos os dias do ano,
Nunca se esqueça de dizer
Que ama muito a sua mãe,
A cada belo amanhecer,
E na brandura dos meus versos,
Minha mãe é meu universo
De amor em meu viver.




0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário logo abaixo! Sua interação é muito importante!