sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Despedida...

Eu nunca soube como definir saudade... Mas sei que dói muito. E, sei que quando é noite e está tudo em silêncio, a mente da gente se abre e se volta para algum lugar do passado.

Passei boa parte de minha adolescência sonhando que era criança e estava voltando pra casa. Às vezes acho que acabei ficando de algum modo presa naquele lugar! E quer saber, hoje eu não tenho medo do escuro, meus medos são outros, mas minha fé é bem maior que tudo!!!

Difícil é viver, mais difícil ainda é viver em solo inconstante. Porém, consigo acordar todos os dias e dizer venci a insônia. Na escuridão, eu aprendi que só preciso de luz para caminhar!!!

Só peço proteção a Deus e luz para meu caminho!!!


Recados para Orkut

Faça o inusitado! Envie recados de Velas!

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)