quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Fragmento de uma Crônica do Amor




(...)
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá...
Amar não requer conhecimento prévio... Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.
(...)

FONTE: Boletim de Mensagens do Velho Sábio
www.velhosabio.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Grata pelo comentário! Volte sempre! :)